Vale vai pagar R$ 4,75 bilhões a acionistas no dia 30

Proposta equivale a R$ 0,92 por ação ordinária ou preferencial em circulação, com base no numero de ações em 28 de fevereiro

São Paulo – A Vale anunciou hoje que pagará no dia 30 de abril a primeira das duas parcelas de US$ 2,1 bilhões (R$ 4,75 bilhões, considerando a cotação de hoje do dólar comercial, R$ 2,26), da remuneração mínima aos acionistas de 2014, resultando em um total de US$ 4,2 bilhões (R$ 9,5 bilhões).

A proposta equivale a US$ 0,407499945 (R$ 0,92) por ação ordinária ou preferencial em circulação, com base no numero de ações em 28 de fevereiro. De acordo com a corretora Planner, considerando os dados da última sexta-feira, o retorno para o acionista da VALE5 é de 3,3%.

O conselho de administração da Vale apreciará a proposta da diretoria executiva na reunião agendada para o dia 14 de abril e, se aprovada, o pagamento de US$ 2,1 bilhões será realizado no dia 30. De acordo com o fato relevante divulgado pela mineradora, os valores em reais serão obtidos mediante a conversão dos valores em dólares pela taxa de câmbio do dia 11 de abril.

Os analistas da Planner acreditam que pode ocorrer um aumento no valor da remuneração mínima neste ano, dependendo dos preços dos principais produtos que a Vale vende, “componente fundamental para a rentabilidade da empresa”.

No caso do minério de ferro, o preço médio do produto na China neste primeiro trimestre foi 18,7% menor que no mesmo período do ano passado. Para o níquel e o cobre, os preços médios do primeiro trimestre deste ano estão 15,5% e 11,2% menores, respectivamente. “Apesar dos preços baixos neste trimestre, esperamos alguma recuperação deles durante o ano, além do aumento no volume vendido de minério de ferro, cobre, níquel e carvão”, disseram os analistas, concluindo o relatório com recomendação de compra com preço justo para VALE5, a R$ 36 por ação.

Direito ao recebimento

Todos os investidores que possuírem ações da Vale no encerramento dos negócios nas datas de referência terão o direito ao recebimento da remuneração. A data de referência para as ações negociadas na BM&FBovespa será o dia 14 de abril.

A data para os detentores de recibos de ações de emissão da Vale negociados na Bolsa de Nova York (NYSE), na Euronext Paris e na Bolsa de Hong Kong será dia 17.

As ações da Vale serão negociadas “ex-direito” a partir de 15 de abril na BM&FBovespa, NYSE e Euronext Paris e a partir de 16 de abril na Bolsa de Hong Kong.

Às 13h30, as ações PNA da Vale (VALE5) estavam subindo 1,79%, sendo cotadas a R$ 28,31.