Usiminas desaba 5% ainda repercutindo balanço

Vendas de aço da empresa no quarto trimestre de 2013 caíram 13,8% em relação ao mesmo período do ano anterior

São Paulo – A Usiminas (USIM5) liderava as perdas no Ibovespa nesta tarde. Às 15:10, o papel caía 4,85%, a 10,98 reais, ante queda de 0,68% do Ibovespa, a 47.874 pontos.

Na sexta-feira, as ações da Usiminas já haviam reagido mal após o balanço. O resultado veio abaixo da média da projeção de analistas.

No último trimestre de 2013, a Usiminas reverteu o resultado negativo que obteve no mesmo período do ano anterior – mas o lucro líquido de 47 milhões de reais indica uma queda de 59% em relação ao lucro líquido do terceiro trimestre.

As vendas de aço da Usiminas no quarto trimestre de 2013 caíram 13,8% em relação ao mesmo período do ano anterior. As vendas somaram 1,492 milhão de toneladas.

Ainda na sexta-feira, em teleconferência para investidores, o presidente executivo da Usiminas, Julian Egurén, afirmou que a empresa vai se voltar para o mercado interno para tentar lucrar mais nos próximos anos.

Na ocasião, o presidente afirmou que boa parte das dificuldades vieram da desvalorização do real, que caiu 15% ao longo de 2013.

No acumulado de 2014, as ações preferenciais da Usiminas registram a segunda maior desvalorização, com perdas de 22%.