Propostas para possível IPO avaliam Uber em US$120 bi, diz WSJ

O serviço de viagens com motorista teria a maior oferta pública de ações do setor tecnológico até hoje

A Uber poderia adiantar seu aguardado lançamento em Wall Street, com avaliação de mais de 100 bilhões de dólares de capitalização, disseram nesta terça-feira, 16, à AFP fontes próximas à operação.

O serviço de viagens com motorista teria a maior oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) do setor tecnológico até hoje.

A data do início das operações em Wall Street poderia ser antecipada para a primeira metade de 2019, em vez de esperar até a segunda parte do ano, como estava previsto, acrescentou a fonte, sob condição de anonimato. A data final dependerá das condições do mercado, acrescentou.

Em setembro, a Uber tinha recebido investimento de 500 milhões de dólares da fabricante de veículos Toyota, elevando seu valor a 72 bilhões de dólares.

Mas os bancos de investimento americanos Goldman Sachs e Morgan Stanley, que devem ser os principais responsáveis pela IPO da Uber, expressaram forte interesse dos investidores, disse a fonte.

Uma das propostas para o início da listagem da Uber na Bolsa de Nova York dá à empresa um valor de até 120 bilhões em capitalização de mercado, diz o Wall Street Journal (WSJ), que revelou as informações nesta terça-feira.

Consultados pela AFP, Goldman Sachs e Morgan Stanley se recusaram a comentar, enquanto a Uber não respondeu imediatamente.

Se o valor da empresa for superior a 100 bilhões de dólares, a Uber valerá tanto no mercado quanto a soma do valor da General Motors, Ford e Fiat Chrysler, as três principais montadoras americanas, compara o WSJ.