Tudo o que você precisa saber antes de o mercado abrir

Endividada, a Triunfo sofreu um novo revés, com uma ordem do BNDES de pagamento de empréstimos de quase R$ 1 bilhão

São Paulo – Leia as principais notícias desta quarta-feira (08) para começar o dia bem informado:

As quentes do dia

BNDES executa dívida e piora situação da Triunfo. O banco exigiu que a empresa pague, em parcela única, dois empréstimos-ponte de R$ 979 milhões, que venceram em 2016.

Odebrecht Engenharia e Construção encolhe pela metade com Lava Jato. Empresa demitiu mais de 50% dos seus 107 mil funcionários, e o faturamento caiu 57% em relação a 2014.

CVM absolve a União em caso envolvendo Petrobras. O órgão decidiu que não houve ingerência da controladora no contrato com a Amazonas Distribuidora de Energia, com anuência da Eletrobras.

Montadoras param produção por até um mês. Empresas vão aproveitar o feriado do carnaval para suspender a fabricação de veículos.

A Bolsa de Tóquio fechou em alta, impulsionada por bons resultados de empresas. O Nikkei subiu 0,51%, encerrando o dia a 19.007,60 pontos. Destaque para as ações da Asahi Glass, que subiram 9,1%, e da Mistubishi Chemical Holdings, com alta de 5,1%.

Política e mundo

Doria quer privatizar gestão do Bilhete Único. O modelo de remuneração ainda não foi definido. Gestão tem uma lista com 52 itens dos negócios municipais que considera privatizáveis.

Novo ministro da Justiça não deve ser do PSDB. Apesar das pressões do partido, o presidente deve escolher alguém de sua cota pessoal. Assim como tem acontecido ultimamente, ele deve demorar para anunciar uma decisão.

Brasil e Argentina defendem novos acordos comerciais na era Trump. O presidente dos EUA não foi citado diretamente em nenhuma das declarações, mas ficou clara a análise de que o Mercosul deve aproveitar o momento de aumento do protecionismo e a virada da política comercial norte-americana.

Ao final de audiência com Moro, Cunha diz que tem aneurisma. A audiência de ontem foi o primeiro interrogatório do peemedebista diante de Moro. Nela, Cunha falou que Lava Jato poupa “corruptores internacionais” e que o dinheiro em conta no exterior era usado “como se fosse caderneta de poupança”.

Propina da Odebrecht teria financiado reeleição de Santos. Segundo procurador, ex-senador acusado de favorecer a Odebrecht em contratos realizou remessas de um milhão de dólares para a campanha de reeleição em 2014.

FMI: Grécia não faz o suficiente para obter outro pacote de ajuda. O país tem se mantido com o apoio financeiro da Europa, mas pagamentos previstos para junho e julho ameaçam levar novamente Atenas a um default, reviver disputas políticas e mesmo o risco de uma eventual saída do país da zona do euro.

Enquanto você desligou…

Brasil abre nesta quarta pedido na OMC contra o Canadá. O país questiona subsídios oferecidos pelo governo de Quebec à Bombardier, concorrente direta da brasileira Embraer.

Plano de recuperação da Viver prevê fundo para retomar obras. Em 2013, a Viver firmou termo de ajustamento de conduta para retomar as obras, aceitando a supressão de 88 apartamentos, que representavam R$ 88 milhões em vendas.

Agenda do dia

Nesta quarta-feira, o IBGE divulga o IPCA de janeiro e a FGV, o IPC-S. Nos Estados Unidos, saem os dados de pedidos de hipotecas e o estoque de petróleo. No Japão, saem os pedidos de máquinas de dezembro.