Tóquio sobe 1,9% após Grécia cancelar referendo

Bolsa japonesa refletiu a recuperação dos mercados globais diante do cancelamento do referendo grego sobre o plano de resgate da zona do euro

Tóquio – A Bolsa de Tóquio fechou em alta, seguindo a recuperação das outras bolsas globais diante do cancelamento do referendo grego sobre o plano de resgate da zona do euro, mas o balanço fraco da Sony e números de vendas da Fast Retailing puseram um freio nos ganhos do Nikkei 225. O índice fechou em alta de 160,98 pontos, ou 1,9%, e encerrou aos 8.801,40 pontos. Ontem a Bolsa não funcionou devido a um feriado nacional.

O mercado abriu em alta, seguindo os ganhos da véspera em Wall Street, e permaneceu bem acima da linha de equilíbrio por toda a sessão depois que os líderes gregos cancelaram um polêmico plano para um referendo sobre o último pacote de resgate do país. O corte de juros decidido pelo Banco Central Europeu (BCE) também forneceu sustentação para os papéis.

“A aversão ao risco está diminuindo um pouco por enquanto”, disse Kazuhiro Takahashi, gerente geral de estratégia de investimentos da Daiwa Securities. Além disso, pesaram sobre o mercado a cautela que antecede a divulgação dos dados do nível de emprego dos EUA, ainda hoje, bem como os resultados mistos dos balanços corporativos. As informações são da Dow Jones