Temor de corte nos ratings derruba bolsas na Europa

O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em queda de 0,43%, em 233,71 pontos, e na semana registrou variação de -2,83%

Londres – Os principais índices das bolsas europeias fecharam em baixa, nesta sexta-feira, registrando também perdas ao longo da semana. Pesou sobre os mercados a possibilidade de que ocorra um corte nos ratings dos países europeus. O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em queda de 0,43%, em 233,71 pontos, e na semana registrou variação de -2,83%.

Nem tudo, porém, foram notícias ruins. Entre as boas novas há o fato de o governo da Itália ter tido sucesso em um voto de confiança no Parlamento sobre seu pacote de austeridade. Além disso, o referendo do governista Partido Liberal Democrata (FDP) demonstrou um apoio de 54,4% dos membros da sigla alemã ao Mecanismo de Estabilidade Europeu (ESM, na sigla em inglês). Não houve o quórum desejado pelo partido na votação, mas a votação foi vista como uma vitória da chanceler Angela Merkel.

Em Londres, o índice FTSE 100 fechou em queda de 0,25%, em 5.387,34 pontos, e na semana recuou 2,57%. Barclays subiu 0,6%, apesar de sofrer um rebaixamento pela agência Fitch.

Na França, o índice CAC 40, da Bolsa de Paris, recuou 0,88%, para 2.972,30 pontos. Na semana, o CAC 40 cedeu 6,30%, em meio aos persistentes temores de que o rating AAA do país possa ser rebaixado. Alcatel-Lucent liderou entre as baixas, com -3%, e Michelin perdeu 2,9% após uma nota sobre a empresa do Morgan Stanley. Suez Environnement ganhou 2%.

O índice DAX, da Bolsa de Frankfurt, perdeu 0,50%, para 5.701,78 pontos, e na semana caiu 4,76%. Entre os destaques, SAP fechou em -2,6%, depois de um analista destacar o panorama cauteloso para sua parceira Accenture.

Em Milão, o índice FTSE MIB recuou 0,38%, para 14.572,22 pontos, e na semana variou em -5,89%. Os destaques foram Banca Popolare Emilia Romagna (+11,5%) e Ubi Banca (+7,9%), que tiveram sua perspectiva melhorada pela corretora Intermonte.

Na Espanha, o índice Ibex 35, da Bolsa de Madri, fechou em -0,57%, em 8.203,40 pontos, e na semana recuou 5,16%. Hoje, entre os destaques estiveram Telefónica, que perdeu 1,7%. BBVA caiu 0,1%. Em Lisboa, por sua vez, o índice PSI 20 perdeu 0,47%, para 5.317,13 pontos, e na semana recuou 4,12%. As informações são da Dow Jones.