Telebrás aprova grupamento de 10 mil para uma ação

Objetivo é alinhar o valor por ação da companhia aos parâmetros negociados na BM&F Bovespa

São Paulo – O conselho de administração da Telebrás (TELB3); (TELB4) anunciou nesta sexta-feira (15) que aprovou um grupamento das ações representativas do seu capital social. “Considerando o grande número de acionistas detentores de participações inferiores a 10 mil ações, além de um grande número de acionistas que se encontram na condição de inativos, a companhia optou pelo agrupamento das ações ordinárias e preferenciais na proporção de 10 mil para uma ação”, explicou o comunicado.

De acordo com a Telebrás, o objetivo é ajustar o valor unitário de cotação das ações a um patamar mais adequado do ponto de vista mercadológico. Atualmente, as ações da empresa já são negociadas em lotes de mil papéis.

Após a aprovação pela assembleia geral, será publicado um aviso aos acionistas, estabelecendo prazo de 45 dias para ajustem suas posições acionárias em lotes múltiplos de 10 mil ações, mediante negociação na Bolsa de Valores de São Paulo ou no mercado de balcão.