Taxa de risco espanhol fecha em 563 pontos

A recusa do BCE a comprar dívida ou a tomar novas medidas de estímulo além da esperada queda das taxas de juros de quinta-feira foi o detonante desta subida do risco-país

Madri – A taxa de risco espanhol fechou em 563 pontos básicos, já que a dívida a dez anos oferecia uma rentabilidade de 6,95%, muito perto de 7%, que a maioria dos analistas considera insustentável com o passar do tempo.

A recusa do BCE a comprar dívida ou a tomar novas medidas de estímulo além da esperada queda das taxas de juros de quinta-feira foi o detonante desta subida do risco-país.

A rentabilidade do bônus espanhol chegou a estar ao longo da sessão acima de 7%, nível no qual não fecha desde o dia 19 de junho, antes da cúpula europeia na qual foi acertada a possibilidade de que haja ajudas diretas aos bancos e o fundo de resgate compre dívida nos mercados secundários.