Suspensão de referendo grego alavanca bolsas da Ásia

No pregão, o iuane subiu para seu maior nível ante o dólar sob o atual sistema

Tóquio – As bolsas asiáticas foram novamente pautadas pela crise da dívida da Grécia. Nesta sexta-feira, os mercados da região fecharam em acentuada alta. Os investidores mostraram renovada confiança diante da possibilidade de solução para os problemas da dívida da zona do euro, após o governo grego suspender o referendo sobre o pacote de socorro ao país.

Este foi o caso na Bolsa de Hong Kong, que teve forte elevação, também estimulada pela surpreendente decisão do Banco Central Europeu de cortar a taxa de juros. O índice Hang Seng ganhou 600,29 pontos, ou 3,1%, e fechou aos 19.842,79 pontos – na semana, contudo, o índice acumulou queda de 0,9%.

Já as Bolsas da China apresentaram o terceiro pregão seguido de alta. As companhias de metais lideraram os ganhos por conta do aumento no preço das commodities. O índice Xangai Composto subiu 0,8% e encerrou aos 2.528,29 pontos – na semana, o índice acumulou alta de 2,2%. O índice Shenzhen Composto ganhou 0,6% e terminou aos 1.071,33 pontos.

O iuane subiu para seu maior nível ante o dólar sob o atual sistema, apoiado por outro recorde de baixa da taxa de paridade central dólar-iuane (fixada em 6,3165 iuanes, de 6,3198 iuanes ontem) e pela forte demanda. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,3392 iuanes, de 6,3514 iuanes ontem.

Sem o risco de calote grego, os investidores apostaram no rali no setor tecnológico e nas corretoras na Bolsa de Seul, na Coreia do Sul. O índice Kospi subiu 2,8% e terminou aos 1.922,08 pontos.

Em Taiwan, a Bolsa de Taipé fechou em alta, seguindo os ganhos de outros mercados regionais. O índice Taiwan Weighted avançou 1,92% e terminou aos 7.603,23 pontos.

A Bolsa de Sydney, na Austrália, fechou em forte alta e recuperou parte das perdas registradas durante a semana. O índice S&P/ASX 200 avançou 2,62% e terminou aos 4.281,10 pontos.

Nas Filipinas, a Bolsa de Manila também encerrou o dia no azul. O índice PSE avançou 1,46% e terminou aos 4.271,72 pontos.

A Bolsa de Cingapura fechou em alta, acompanhando as demais da Ásia. O índice Straits Times subiu 1,4% e fechou aos 2.848,24 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, avançou 2,1% e fechou aos 3.783,63 pontos, com a valorização da rupia e os ganhos nos demais mercados globais.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, fechou estável, aos 957,31 pontos, com intensificação de realizações de lucros, com preocupações de investidores sobre as enchentes.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, ganhou 1% e fechou aos 1.477,51 pontos, seguindo as altas nos demais mercados asiáticos. As informações são da Dow Jones