SLC Agrícola completa dez anos na bolsa em alta

ÀS SETE - Focada na produção de algodão, soja e milho, a SLC pegou carona na safra recorde desses produtos este ano e conseguiu melhorar seus resultados

Nesta terça-feira a produtora de commodities SLC Agrícola realiza uma cerimônia na bolsa brasileira para comemorar seus 10 anos de capital aberto.

E o momento para isso não poderia ser melhor. Focada na produção de algodão, soja e milho, a SLC pegou carona na safra recorde desses produtos este ano e conseguiu melhorar seus resultados.

Às Sete – um guia rápido para começar seu dia

Leia também estas outras notícias da seção Às Sete e comece o dia bem informado:

No acumulado dos nove primeiros meses do ano, a SLC faturou 1,5 bilhão de reais, alta de 45% em relação ao mesmo período do passado. O lucro de janeiro a setembro foi de 220 milhões de reais, ante o prejuízo de 82,6 bilhões de reais do ano anterior.

Fundada em 1977, a SLC foi uma das primeiras do setor a ter ações negociadas na bolsa brasileira. O ano, 2007, foi marcado por uma euforia e um número recorde de IPOs no país. Como se sabe hoje, alguns negócios não conseguiriam se manter de pé, mas tudo que a SLC fez desde então foi crescer.

Regada por um agressivo plano de aquisição de terras, arrendamentos e parcerias, a área plantada pela SLC dobrou desde a abertura de capital, totalizando 392.921 hectares na safra 2016/17. Os bons números se refletiram na bolsa: as ações da empresa subiram 58,5% nos últimos 12 meses.