Santander Leasing pretende emitir R$ 5 bi em debêntures

Segundo prospecto, os recursos captados serão aplicados no mercado financeiro e de capitais

São Paulo – O Santander Leasing pretende realizar a emissão de até 5 bilhões de reais em debêntures simples, não conversíveis em ações, segundo prospecto enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Na primeira emissão pública de debêntures deverá ser realizada em série única, com 500 milhões de papéis no valor unitário de 10 reais. O prazo de vencimento será de 20 anos a partir da sua data de emissão.

A oferta será realizada com intermediação do Banco Santander, coordenador líder. A proposta ainda deverá ser aprovada em reunião do Conselho de Administração do Santander Leasing, que não tem data divulgada.

Segundo informou, os recursos captados serão integralmente aplicados no mercado financeiro e de capitais. A intenção é aplicar os recursos em ativos que proporcionem remuneração equivalente ou próxima a 100% da Taxa DI.