S&P reafirma rating A da BHP Billiton

"Na nossa visão, a nova política de dividendos melhora substancialmente a flexibilidade financeira da companhia", afirmou a S&P

São Paulo – A agência de classificação de risco Standard & Poor’s reafirmou os ratings de crédito corporativo A de longo prazo e A-1 de curto prazo da BHP Billiton e removeu as notas da observação com implicações negativas em que estavam desde 1º de fevereiro. A perspectiva dos ratings é negativa.

Em comunicado, a S&P afirmou que a decisão foi tomada após a mineradora mudar sua política de dividendos e suas projeções de investimentos para proteger o balanço patrimonial, tendo em vista as atuais condições do mercado.

“Na nossa visão, a nova política de dividendos melhora substancialmente a flexibilidade financeira da companhia”, afirmou a S&P.

A agência não considera que o rompimento da barragem da Samarco Mineração – joint venture na qual a BHP tem 50% do controle, junto com a Vale – tem impacto imediato sobre o rating da BHP.

“O impacto sobre o rating dependerá de fatores como o valor do acordo [fechado com o governo brasileiro] e se a Samarco manterá suas operações”, comentou a S&P.