S&P coloca rating AAA da UE em revisão negativa

A decisão se segue à colocação, nesta terça-feira, em observação para possível rebaixamento, dos ratings de 15 dos 17 países membros da zona do euro

Londres – A Standard & Poor’s colocou os ratings de toda a União Europeia (UE) em observação para possível rebaixamento. O rating de crédito de longo prazo da UE foi mantido inalterado em AAA; o rating da dívida de curto prazo foi mantido em A1+. A decisão se segue à colocação, nesta terça-feira, em observação para possível rebaixamento, dos ratings de 15 dos 17 países membros da zona do euro; desde ontem, todos os 17 países da zona do euro têm seus ratings em observação.

A União Europeia reúne 27 países, os 17 da zona do euro e outros dez que não adotaram a moeda única. Segundo a S&P, a revisão negativa dos ratings “foi provocada por nossas preocupações quanto ao impacto potencial, nesses países membros, do que nós vemos como um aprofundamento dos problemas políticos, financeiros e monetários dentro da zona do euro”.

A agência observou em comunicado que “os membros da zona do euro contribuem diretamente com aproximadamente 62% das receitas orçamentárias totais da UE em 2011. Nossa revisão vai focalizar a capacidade financeira de membros da zona do euro para apoiar o serviço da dívida da UE, caso a instituição esteja diante de um período de estresse financeiro”.

Segundo a S&P, a revisão deverá ser concluída “tão logo quanto possível depois da cúpula europeia de 8 e 9 de dezembro de 2011”. A agência acrescentou que “poderemos rebaixar em um grau o rating de crédito de longo prazo da UE, se formos rebaixar os atuais ratings AAA de um ou mais países membros, com foco especial nos maiores contribuintes, França e Alemanha”. As informações são da Dow Jones.