S&P 500 fica próximo de recorde, por Microsoft e Amazon

Microsoft Corp era a maior ganhadora de pontos tanto no Nasdaq quanto no S&P, uma vez que superou as estimativas de Wall Street para receita e lucro trimestral

Nova York – As bolsas norte-americanas subiam nesta sexta-feira, com o S&P 500 caminhando para a maior máxima de todos os tempos, na medida em que resultados da Amazon e da Microsoft impulsionavam as ações.

Às 13h22 (horário de Brasília), o indicador Dow Jones subia 0,15 por cento, a 15.532 pontos, enquanto que o S&P 500 tinha valorização de 0,17 por cento, a 1.755 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq tinha ganhos de 0,31 por cento, a 3.940 pontos.

O ganho anual do S&P estava pouco abaixo da alta de 23,5 por cento de 2009. Caso o índice suba um pouco mais, será seu maior ganho em uma década.

Expectativas de que o Federal Reserve, banco central norte-americano, irá manter seu programa de compra de títulos no valor de 85 bilhões de dólares por mês provavelmente irá fornecer um piso para os preços das ações em 2014.

“O mercado tem se focado em boas notícias, sobre receitas ou lucros, assim houve impacto positivo da Microsoft e da Amazon”, afirmou o presidente da empresa de investimentos LibertyView Capital Management, Rick Meckler.

A Microsoft Corp era a maior ganhadora de pontos tanto no Nasdaq quanto no S&P, uma vez que superou as estimativas de Wall Street para sua receita e lucro trimestral na quinta-feira. As ações subiam mais de 6 por cento.

Os papéis da Amazon tinham seu maior ganho diário desde abril de 2012, após a varejista online registrar prejuízo trimestral menor e as vendas crescerem 24 por cento, acima do esperado. As ações saltavam cerca de 8 por cento, depois de atingirem máxima recorde de 368,40 dólares.