Roche sobe e impulsiona ações farmacêuticas europeias

Os bancos eram impactados pelo espanhol Banco Popular , que caía à mínima recorde, um dia após desabar 26% ao anunciar aumento de capital

Londres/Milão – As ações europeias eram negociadas com leves variações nesta sexta-feira, com o mercado acionário suíço e as companhias farmacêuticas impulsionadas pela Roche, cujos papéis subiam após os resultados positivos de um de seus produtos.

Às 8h01 (horário de Brasília), o índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 subia 0,06 a 1.370 pontos, enquanto o índice STOXX 600 avançava 0,15%, ambos próximos de suas máximas em um mês.

O principal índice de ações da Suíça SMI tinha desempenho superior ao da região, subindo 0,77%, ajudado pelos ganhos de 3,8% da ação da Roche, entre os melhores desempenhos entre os papéis de blue chips da Europa.

A Roche recebeu grande impulso quando um teste clínico de seu novo medicamento Gazyva, contra câncer, foi bem sucedido, aumentando as perspectivas de novo remédio que será fundamental para a companhia suíça combater a ameaça de concorrentes similares.

A Roche também impulsionava seus pares Novartis e Sanofi.

Entretanto, as ações bancárias e de energia caíam, com as ações das principais petroleiras perdendo terreno com o preço do petróleo tipo Brent de volta para baixo do nível de 50 dólares o barril.

Os bancos eram impactados pelo espanhol Banco Popular , que caía à mínima recorde, um dia após desabar 26% ao anunciar aumento de capital.