Richemont e BT ajudam a sustentar ações europeias

Os volumes negociados, no entanto, estavam fracos devido a feriados públicos na França, Itália, Espanha e partes da Alemanha

Londres – As ações europeias subiam nesta quinta-feira, impulsionadas por ganhos em papéis do setor de produtos de luxo, como a Richemont, e na empresa de telecomunicação BT, que manteve sua previsão de lucro.

Os volumes negociados, no entanto, estavam fracos devido a feriados públicos na França, Itália, Espanha e partes da Alemanha.

Às 8h30 (horário de Brasília), o índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 subia 0,49 por cento, para 1.101 pontos, enquanto o índice de blue chips da zona do euro Euro STOXX 50 blue-chip ganhava 0,51 por cento, para 2.516 pontos.

Apesar de muitas companhias terem mostrado resultados fracos do terceiro trimestre durante o último mês à medida que as empresas sofreram com a fraca economia global, muitos dos resultados não vieram tão ruins quanto esperado.

A BT cortou sua estimativa de receita, mas as suas ações estavam no topo do FTSEurofirst 300, subindo 6,54 por cento e somando a maioria dos pontos ao índice, ao passo que analistas receberam bem o fato de que a BT manteve as metas de lucro e fluxo de caixa.

As ações da empresa suíça de produtos de luxo Richemont avançavam 4,97 por cento, depois que o Bank of America Merrill Lynch elevou o rating da ação para “compra” ante “underperform”.

A alta da Richemont sustentou as ações de seus pares, assim como a France’s LVMH, e ambas as ações contribuíam com a maior parte dos ganhos nos pontos do FTSEurofirst 300.

“A exposição da Richemont à Ásia está entre as maiores depois do Swatch Group, o que deve se provar uma vantagem”, disseram os analistas do Merrill Lynch em nota de pesquisa.