Resultados corporativos robustos ajudam ações europeias

Investidores também aguardavam a reunião do Banco Central Europeu, na qual ele deve dar mais detalhes sobre seu forte programa de compra de bônus

Paris – As ações europeias avançavam nesta quinta-feira, com uma leva de resultados corporativos fortes de empresas como Carrefour e a Schroders impulsionando a confiança.

Às 8h20 (horário de Brasília), o índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 avançava 0,46 por cento, a 1.564 pontos, oscilando não muito abaixo da máxima de sete anos registrada mais cedo nesta semana.

Investidores também aguardavam a reunião do Banco Central Europeu (BCE), na qual ele deve dar mais detalhes sobre seu forte programa de compra de bônus.

As ações do Carrefour subiam 2,58 por cento depois que o segundo maior varejista do mundo disse que elevará os gastos de capital neste ano uma vez que busca cimentar um renascimento de seus hipermercados na Europa e se expandir no Brasil, mercado emergente chave.

O papel da gestora britânica de fundos Schroders tinha alta de 2,1 por cento após divulgar um salto melhor que o esperado em seu lucro antes de impostos de 2014, já que os fluxos de entrada líquidos mais que triplicaram, para 24,8 bilhões de libras.

Cerca de 80 por cento das companhias que compõem o Stoxx Europe 600 divulgaram resultados até agora, registrando um salto de 22 por cento nos lucros trimestrais, segundo dados da Thomson Reuters Starmine, transformando esta na melhor temporada de resultados da Europa desde meados de 2011.