Rendimento dos Treasuries de 10 anos nos EUA vai acima de 3%

Se os títulos de 10 anos chegarem a 3,04 por cento, atingirão um patamar não visto desde julho de 2011, disseram analistas

Nova York – A rentabilidade dos Treasuries de 10 anos dos Estados Unidos subia acima de 3 por cento nesta quarta-feira, conforme o nervosismo em torno do crescente endividamento do governo estimulou mais vendas de títulos.

Às 11:50 (horário de Brasília), os Treasuries de 10 anos rendiam 3,020 por cento, contra 2,983 por cento na terça-feira. Os títulos de dois anos rendiam 2,492 por cento, ante 2,481 na sessão anterior, depois de tocarem 2,508 por cento, seu maior nível desde setembro de 2008.

As notas de cinco anos rendiam 2,838 por cento, depois de atingir 2,854 por cento nesta quarta-feira, o maior patamar desde agosto de 2009.

Se os títulos de 10 anos chegarem a 3,04 por cento, atingirão um patamar não visto desde julho de 2011, disseram analistas.

O aumento esperado na emissão de dívida do governo resultou do déficit de receita por conta da reforma tributária aprovada no final do ano passado e do aumento dos gastos vinculados ao acordo orçamentário assinado em fevereiro.

O maior endividamento do governo, juntamente com as preocupações com a inflação devido ao aumento dos preços das commodities e apostas em novas altas de juros do Federal Reserve, o banco central dos EUA, desencadearam a liquidação atual do mercado de títulos, disseram analistas.

Não está claro onde os rendimentos das obrigações atingiriam o seu pico, uma vez que o seu aumento desencorajou Wall Street e detentores de ativos de risco.

Enquanto o aumento das notas de 10 anos atraiu maior atenção do mercado, os títulos de 5 anos podem ser o epicentro da liquidação atual, disse Jim Vogel, estrategista de taxa de juros da FTN Financial.

“É a pressão sobre os títulos de cinco anos que está impactando outras partes da curva”, disse.