Rendimento de títulos de 10 anos da Espanha supera 7%

Enquanto os títulos de dez anos da Espanha atingiram um nível que não é sustentável indefinidamente para Madri, os da Itália chegaram perto de 6%

Londres – Os rendimentos dos títulos de 10 anos do governo espanhol ampliaram a alta e superaram os 7 por cento nesta sexta-feira, com os investidores descartando ativos de risco em meio a dúvidas sobre a eficiência de ferramentas anticrise disponíveis no momento.

O afrouxamento de política realizado pelos bancos centrais da Europa, Inglaterra e China na quinta-feira não foi suficiente para impressionar os investidores, o que elevou os custos de empréstimos de Espanha e Itália nesta sexta-feira.

Um relatório de emprego dos Estados Unidos, a ser divulgado às 9h30 (horário de Brasília), é o principal dado do dia e dará uma indicação da extensão do dano provocado pela crise da zona do euro à economia norte-americana, e se o Federal Reserve (banco central) pode tomar mais medidas em sua reunião no final do mês.

“O relatório de empregos dos EUA será o foco hoje, uma vez que um número fraco pode sinalizar estímulo adicional do Fed em sua próxima reunião”, disse Nam Truong, corretor da Capital Spreads.

Enquanto os títulos de dez anos da Espanha atingiram um nível que não é sustentável indefinidamente para Madri, os da Itália chegaram perto de 6 por cento.