Reestruturação na Allianz dá maior autonomia à Pimco

Grupo confirmou que não planeja IPO nem mudanças na equipe de suas empresas

Frankfurt – A Allianz SE, maior seguradora da Europa, está reorganizando seus negócios de gestão de ativos para dar maior visibilidade às suas duas principais marcas, Pimco e Allianz Global Investors, e para permitir que a Pimco venda seus produtos no mundo todo.

A Pimco (Pacific Investment Management Company LLC) continuará sendo dirigida por seu fundador Bill Gross e o executivo-chefe Mohamed El-Erian, disse a Allianz. “Conferir a nós esta autonomia operacional adicional reflete a solidez da relação com a Allianz e o respeito mútuo que há entre nós”, disse El-Erian.

A Pimco e o Allianz Global Investor serão colocados sob uma nova holding chamada Allianz Asset Management AG, com 1,4 trilhão de euros em ativos. A Pimco é a maior gestora de fundos de bônus do mundo e é parte do grupo Allianz desde 2000. Até agora era uma unidade da Allianz Global Investors of America LP.

O porta-voz da Allianz, Hanno Strube, disse que “não está planejada nenhum venda ou oferta pública inicial de nenhuma das duas marcas” e reiterou que não haverá mudança na equipe que administra a Pimco ou em sua independência como entidade dentro do grupo.

A equipe de gestão da Allianz Global Investors está sendo fortalecida pela reorganização, disse Strube. A nova estrutura entrará em vigor em 1º de janeiro, quando Jay Ralph sucederá Joachim Faber como chefe de gestão de ativos no conselho de administração da Allianz.

A Pimco assumirá a responsabilidade por distribuir seus produtos e fundos globalmente, seguindo a iniciativa que começou no mercado norte-americano no ano passado, quando a distribuição da Pimco e da Allianz Global Investors foi separada e a Pimco se tornou responsável por distribuir seus produtos para clientes nos EUA e para clientes institucionais globalmente. As informações são da Dow Jones.