Quem ganha e quem perde espaço no novo Ibovespa

Nova carteira passa a valer no próximo dia 02 de janeiro; número de empresas passa de 59 para 64

A nova carteira do Índice Bovespa, que valerá a partir do dia 2 de janeiro, traz cinco novas empresas, aumentando o número de ações de 59 para 64. As novas integrantes do índice refletem o crescimento do interesse do mercado pelo setor de varejo, com três representantes do segmento: Magazine Luíza, Via Varejo, dona das lojas Ponto Frio, Casas Bahia e Eletro, e a empresa de shopping centers Iguatemi. A movimentação é coerente com a retomada da economia, que está sendo puxada pelo consumo das famílias. Completam a lista a empresa de diagnósticos Fleury e o setor de serviços, com Sanepar.

A carteira do índice é definida pelo volume negociado e pelo valor de mercado das empresas. Assim, empresas que têm aumento de negociação com alta de preços das ações, que elevam seu valor de mercado, ganham espaço no índice. Se a empresa tem muita movimentação, mas o preço da ação cai, seu valor de mercado cai e ela perde espaço no Ibovespa. Isso evita casos como da antiga petroleira OGX, que estava derretendo em termos de preço, mas seu volume negociado era um dos maiores da bolsa, o que distorcia o Ibovespa no antigo cálculo, que levava em conta só o volume.

Cinco maiores pesos do Ibovespa

Os cinco ativos que apresentam o maior peso na nova composição do índice são: Itaú Unibanco PN, com 10,492% do índice, Vale ON, com 9,946%, Bradesco PN, com 7,755%, Ambev ON, 6,875% e Petrobras PN, 5,251%. Com exceção de Vale ON e Petrobras PN, que tinham fatias de 9,040% e 4,883%, todas perderam espaço no novo índice em relação à carteira original, válida de setembro a dezembro: Itaú Unibanco tinha 10,846%, Bradesco, 8,485% e Ambev, 7,039% (ver o segundo quadro abaixo).

De olho na participação

A participação no índice é importante porque muitos investidores, especialmente os institucionais, usam o indicador como um referencial para suas carteiras. Assim fica mais fácil acompanhar o desempenho dos gestores. Além disso, ao seguir o Ibovespa, os investidores podem fazer operações de proteção (hedge) com contratos futuros do índice. E há os fundos passivos, que seguem o Ibovespa e têm de comprar as mesmas ações para suas carteiras, caso dos Exchange Traded Funds, ou ETF, fundos passivos com cotas negociadas em bolsa. O investidor deve, portanto, acompanhar também a participação de cada empresa no índice, se aumentou ou diminuiu.

Atualização é diária

A bolsa vai atualizando a carteira diariamente, de acordo com os volumes negociados, os valores das empresas e os proventos distribuídos. A cada atualização, os investidores ajustam suas carteiras, para não perderem a correlação com o Ibovespa. Hoje será feito o último ajuste, entre a carteira atual, do dia 28 de dezembro, e prévia, que vai vigorar a partir de segunda-feira.

Quem ganhou e quem perdeu espaço no Ibovespa

Entre as que já estavam no índice, a que mais aumentou sua participação nesta última prévia foi a ação ordinária (ON, com voto) do Bradesco, de 1,382% na carteira atual, do dia 28, para 1,487% na nova, ou um aumento de 3,26%. Isso quer dizer que fundos que acompanham o índice terão de aumentar suas posições nessa ação nesse percentual até segunda-feira para se ajustar.

Em seguida vem a Vale ON, com 9,946% de participação na nova carteira, 2,6% mais que os 9,694% da carteira atual.

As demais ações perderam espaço no índice com a entrada das novas participantes. O papel que mais perdeu foi a unit (recibo de ações) da Klabin, que passou de 0,733% do Ibovespa para 0,684%, uma redução de 6,68%. Ambev vem em seguida, com queda de 6,02%, de 7,315% para 6,875% na nova carteira. BRF também caiu, 5,80%, assim como a unit do Santander, 4,47%, e Gerdau PN, 4,47%.

Abaixo, um estudo feito por uma corretora com a nova carteira e as principais mudanças de participação das ações em relação à carteira atual.

Código Empresa Tipo % do Índice 3ª Previa Posição 3ª Previa Variação % % do Índice hoje(%) Posição hoje
BBDC3 BRADESCO ON 1,427 18 3,26 1,382 19
VALE3 VALE ON 9,946 2 2,6 9,694 2
FLRY3 FLEURY ON 0,701 37 0,7 Entrou
MGLU3 MAG. LUIZA ON 0,415 47 0,42 Entrou
SAPR11 SANEPAR Unit 0,309 55 0,31 Entrou
VVAR11 VIAVAREJO Unit 0,265 58 0,27 Entrou
IGTA3 IGUATEMI ON 0,263 59 0,26 Entrou
SMLS3 SMILES ON 0,345 52 0 0,345 50
LAME4 LOJAS AMERIC PN 0,924 30 -0,32 0,927 31
JBSS3 JBS ON 1,205 20 -0,33 1,209 20
MRVE3 MRV ON 0,334 53 -0,6 0,336 51
UGPA3 ULTRAPAR ON 2,414 10 -0,9 2,436 10
KROT3 KROTON ON 2,131 12 -1,02 2,153 12
QUAL3 QUALICORP ON 0,568 41 -1,05 0,574 40
CPFE3 CPFL ENERGIA ON 0,082 64 -1,2 0,083 59
GOAU4 GERDAU MET PN 0,265 57 -1,49 0,269 54
RENT3 LOCALIZA ON 0,879 32 -1,68 0,894 32
SUZB3 SUZANO PAPEL ON 0,686 38 -1,72 0,698 38
MRFG3 MARFRIG ON 0,228 61 -1,72 0,232 56
RADL3 RAIADROGASIL ON 1,522 16 -1,87 1,551 16
CYRE3 CYRELA REALT ON 0,255 60 -1,92 0,26 55
CPLE6 COPEL PNB 0,197 62 -1,99 0,201 57
ELET6 ELETROBRAS PNB 0,389 50 -2,02 0,397 48
CIEL3 CIELO ON 2,075 13 -2,08 2,119 13
PETR4 PETROBRAS PN 5,251 5 -2,12 5,365 5
FIBR3 FIBRIA ON 0,87 33 -2,14 0,889 33
BRAP4 BRADESPAR PN 0,503 43 -2,14 0,514 42
CSAN3 COSAN ON 0,502 44 -2,14 0,513 43
BBDC4 BRADESCO PN 7,755 3 -2,15 7,925 3
PCAR4 P.ACUCAR-CBD PN 0,95 27 -2,16 0,971 28
ENBR3 ENERGIAS BR ON 0,316 54 -2,17 0,323 52
MULT3 MULTIPLAN ON 0,496 45 -2,17 0,507 44
ECOR3 ECORODOVIAS ON 0,18 63 -2,17 0,184 58
EQTL3 EQUATORIAL ON 1,032 25 -2,18 1,055 25
NATU3 NATURA ON 0,447 46 -2,19 0,457 45
RAIL3 RUMO S.A. ON 1,115 23 -2,19 1,14 23
BVMF3 B3 ON 3,657 6 -2,19 3,739 6
CCRO3 CCR SA ON 1,427 19 -2,19 1,459 18
WEGE3 WEG ON 1,114 24 -2,19 1,139 24
HYPE3 HYPERMARCAS ON 1,155 22 -2,2 1,181 22
BBSE3 BBSEGURIDADE ON 1,51 17 -2,2 1,544 17
EGIE3 ENGIE BRASIL ON 0,577 40 -2,2 0,59 39
SBSP3 SABESP ON 0,929 29 -2,21 0,95 29
CSNA3 SID NACIONAL ON 0,398 48 -2,21 0,407 46
ITSA4 ITAUSA PN 3,307 8 -2,22 3,382 8
TAEE11 TAESA Unit 0,308 56 -2,22 0,315 53
LREN3 LOJAS RENNER ON 1,979 14 -2,22 2,024 14
PETR3 PETROBRAS ON 3,597 7 -2,23 3,679 7
BBAS3 BRASIL ON 3,112 9 -2,23 3,183 9
BRML3 BR MALLS PAR ON 0,831 34 -2,24 0,85 34
ELET3 ELETROBRAS ON 0,393 49 -2,24 0,402 47
BRKM5 BRASKEM PNA 0,916 31 -2,24 0,937 30
VIVT4 TELEF BRASIL PN 1,613 15 -2,24 1,65 15
ESTC3 ESTACIO PART ON 0,828 35 -2,24 0,847 35
TIMP3 TIM PART S/A ON 0,825 36 -2,25 0,844 36
ITUB4 ITAUUNIBANCO PN 10,492 1 -2,25 10,734 1
CMIG4 CEMIG PN 0,519 42 -2,26 0,531 41
EMBR3 EMBRAER ON 1,179 21 -2,32 1,207 21
USIM5 USIMINAS PNA 0,368 51 -2,39 0,377 49
GGBR4 GERDAU PN 0,967 26 -2,91 0,996 26
SANB11 SANTANDER BR Unit 0,94 28 -4,47 0,984 27
BRFS3 BRF SA ON 2,259 11 -5,8 2,398 11
ABEV3 AMBEV S/A ON 6,875 4 -6,02 7,315 4
KLBN11 KLABIN S/A Unit 0,684 39 -6,68 0,733 37

A B3, novo nome da BM&FBovespa, divulga regularmente três prévias das novas composições dos índices: a 1ª prévia, no primeiro pregão do último mês de vigência da carteira em vigor; a 2ª prévia, no pregão seguinte ao dia 15 do último mês de vigência da carteira em vigor e a 3ª prévia, no último pregão de vigência da carteira em vigor. A B3 também divulga as carteiras dos outros índices.

Carteiras originais mostram variações maiores

Se forem consideradas as carteiras originais, as variações nas participações das empresas são bem maiores. Mas essa diferença já foi ajustada ao longo dos meses, desde setembro até agora, por isso seu impacto no mercado já não é tão grande. Mas é possível ver como alguns papéis perderam espaço ou ganharam no mercado nos últimos meses. Abaixo, segue uma tabela com as variações entre as carteiras de setembro a dezembro de 2017 e a prévia de janeiro a abril de 2018.

Nela, pode-se ver como Rumo ganhou peso (quase 50%) nos últimos meses, enquanto CPFL reduziu bastante sua participação (mais de 90% de queda), o que faz sentido uma vez que a empresa foi comprada e o novo chinês controlador fez uma oferta pública que deve reduzir o volume negociado de papéis no mercado, um dos itens que define o peso no Ibovespa. Já BRF perdeu espaço (23%) pela queda dos preços de suas ações, que reduz seu valor de mercado, pela má fase dos negócios.

Código Empresa Part. Jan 2018 Part. Set. 2017 Variação (%)
RAIL3 RUMO S.A. 1,115 0,744 49,8655914
RADL3 RAIADROGASIL 1,522 1,257 21,08194113
ESTC3 ESTACIO PART 0,828 0,687 20,52401747
HYPE3 HYPERMARCAS 1,155 0,993 16,3141994
USIM5 USIMINAS 0,368 0,328 12,19512195
WEGE3 WEG 1,114 0,999 11,51151151
VALE3 VALE 9,946 9,04 10,02212389
JBSS3 JBS 1,205 1,117 7,8782453
PETR3 PETROBRAS 3,597 3,34 7,694610778
PETR4 PETROBRAS 5,251 4,883 7,536350604
LREN3 LOJAS RENNER 1,979 1,845 7,262872629
ECOR3 ECORODOVIAS 0,18 0,168 7,142857143
TIMP3 TIM PART S/A 0,825 0,77 7,142857143
BRKM5 BRASKEM 0,916 0,856 7,009345794
EMBR3 EMBRAER 1,179 1,109 6,311992786
RENT3 LOCALIZA 0,879 0,836 5,14354067
FIBR3 FIBRIA 0,87 0,829 4,945717732
MRVE3 MRV 0,334 0,321 4,049844237
NATU3 NATURA 0,447 0,432 3,472222222
SANB11 SANTANDER BR 0,94 0,912 3,070175439
PCAR4 P.ACUCAR-CBD 0,95 0,945 0,529100529
SMLS3 SMILES 0,345 0,344 0,290697674
EQTL3 EQUATORIAL 1,032 1,033 -0,096805421
CSAN3 COSAN 0,502 0,505 -0,594059406
SBSP3 SABESP 0,929 0,941 -1,275239107
CIEL3 CIELO 2,075 2,106 -1,471984805
ELET6 ELETROBRAS 0,389 0,395 -1,518987342
SUZB3 SUZANO PAPEL 0,686 0,697 -1,578192253
ELET3 ELETROBRAS 0,393 0,402 -2,23880597
ITSA4 ITAUSA 3,307 3,384 -2,275413712
ABEV3 AMBEV S/A 6,875 7,039 -2,329876403
BRAP4 BRADESPAR 0,503 0,515 -2,330097087
ITUB4 ITAUUNIBANCO 10,492 10,846 -3,263876083
KROT3 KROTON 2,131 2,214 -3,748870822
UGPA3 ULTRAPAR 2,414 2,536 -4,810725552
BBSE3 BBSEGURIDADE 1,51 1,587 -4,851921865
BBDC3 BRADESCO 1,427 1,507 -5,308560053
BVMF3 B3 3,657 3,873 -5,577072037
BBAS3 BRASIL 3,112 3,302 -5,754088431
VIVT4 TELEF BRASIL 1,613 1,712 -5,78271028
CYRE3 CYRELA REALT 0,255 0,272 -6,25
MRFG3 MARFRIG 0,228 0,244 -6,557377049
EGIE3 ENGIE BRASIL 0,577 0,623 -7,383627608
GOAU4 GERDAU MET 0,265 0,288 -7,986111111
LAME4 LOJAS AMERIC 0,924 1,009 -8,424182359
GGBR4 GERDAU 0,967 1,058 -8,601134216
BBDC4 BRADESCO 7,755 8,485 -8,603417796
MULT3 MULTIPLAN 0,496 0,545 -8,990825688
KLBN11 KLABIN S/A 0,684 0,762 -10,23622047
BRML3 BR MALLS PAR 0,831 0,953 -12,80167891
CCRO3 CCR SA 1,427 1,653 -13,67211131
CMIG4 CEMIG 0,519 0,603 -13,93034826
TAEE11 TAESA 0,308 0,364 -15,38461538
CSNA3 SID NACIONAL 0,398 0,471 -15,49893843
QUAL3 QUALICORP 0,568 0,688 -17,44186047
ENBR3 ENERGIAS BR 0,316 0,383 -17,49347258
CPLE6 COPEL 0,197 0,25 -21,2
BRFS3 BRF SA 2,259 2,942 -23,21549966
CPFE3 CPFL ENERGIA 0,082 1,056 -92,23484848