Produção da Petrobras no Brasil cresce para 2,02 milhões b/d

SÃO PAULO, 4 de outubro (Reuters) – A produção média de
petróleo da Petrobras no Brasil atingiu 2,02 milhões de barris
por dia (bpd) em agosto, 0,9 por cento acima da produção de
julho, informou nesta segunda-feira a estatal.

A produção de agosto de 2010 também cresceu 2,1 por cento
em relação ao volume produzido no mesmo mês de 2009.

“Esse aumento, de 17.451 barris na produção média diária,
foi consequência do aumento da produção da plataforma FPSO
Cidade de Santos, em Uruguá (Bacia de Santos), e do
FPSO-Capixaba, no Parque das Baleias, no mar do Espírito Santo
(Bacia de Campos)”, afirmou a Petrobras.

“Também contribuiu para o aumento a entrada em produção de
mais um poço no FPSO Marlim Sul, no campo do mesmo nome (Bacia
de Campos).”

A produção média de gás natural no Brasil, excluindo o
volume liquefeito, foi de 52,4 milhões de metros cúbicos ao
dia, mantendo-se nos mesmos níveis em relação ao mês anterior e
ao mesmo mês de 2009.

A produção no mar da Petrobras no Brasil foi de 1,808
milhão de barris em agosto, com a bacia de Campos respondendo
pela maior parte (1,678 milhão de barris dia).

O comunicado da Petrobras foi feito mais de 15 dias depois
de a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e
Biocombustíveis ter anunciado que a produção de petróleo no
Brasil em agosto bateu recorde, atingindo 2,078 milhões de
barris diários.

Pela metodologia da ANP, que deverá divulgar mensalmente a
produção nacional, a agência vai informar o volume por empresa,
contabilizando o total produzido apenas para a operadora do
campo. [ID:nB435923]

A Petrobras informou ainda que a produção média diária de
petróleo e gás natural da estatal no Brasil e no exterior em
agosto foi de 2,598 milhões de barris de óleo equivalente
(boed). “Esse resultado ficou 2,7 por cento acima do volume
registrado no mesmo mês de 2009, quando foram produzidos
2.530.559 boed, e foi 0,7 por cento maior do que os 2.580.932
produzidos em julho de 2010.”

(Por Roberto Samora; edição de Tatiana Ramil)