Preços do petróleo sobem pelo 5º dia com queda nos estoques

Os futuros do petróleo ganharam até 13%após a Arábia Saudita alimentar especulações de que o grupo estava pronto para um acordo de congelamento de produção

Nova York – O rali nos preços do petróleo se estenderam pelo quinto dia nesta quarta-feira, ajudados por um dólar enfraquecido e por um declínio inesperado de estoques de petróleo e de gasolina dos Estados Unidos, mas operadores disseram que a alta não deve durar, apontando para uma crescente produção saudita e para fatores técnicos.

Os futuros do petróleo ganharam até 13 por cento desde quinta-feira após a Arábia Saudita, peça chave da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), alimentar especulações de que o grupo estava pronto para um acordo de congelamento de produção com produtores de fora da organização.

Nesta quarta-feira, o petróleo Brent fechou em alta de 0,62 dólar, ou 1,3 por cento, a 49,85 dólares por barril após tocar máximas de cinco semanas de 49,93 dólares.

Os futuros do petróleo dos EUA subiram 0,21 dólar, ou 0,5 por cento, e encerraram a 46,79 dólares por barril.

Alguns operadores e investidores alertaram que os futuros do petróleo, que caíram em território baixista no início de agosto após cair 20 por cento das máximas deste ano em junho, estavam parecendo sobre-comprados.

“Nós ganhamos muito em pouquíssimo tempo, ao menos tecnicamente, e eu acho que esse rali tem que parar”, disse Donald Morton, que dirige uma mesa de operações de energia para a Herbert J. Sims & Co, um banco de investimentos de Fairfield, no Connecticut.