Preços do petróleo sobem e se recuperam de mínima de 10 meses

Os preços fecharam em queda pela 5ª semana consecutiva, com os cortes liderados pela Opep falhando em reduzir um excedente global de petróleo

Nova York  – Os contratos futuros do petróleo subiram nesta sexta-feira, ajudados por um dólar enfraquecido, mas fecharam em queda pela quinta semana consecutiva, uma vez que cortes liderados pela Opep têm falhado em reduzir um excedente global de petróleo.

O petróleo Brent encerrou em alta de 0,32 dólar, ou 0,7 por cento, a 45,54 dólares por barril. O petróleo dos Estados Unidos fechou em alta de 0,27 dólar, ou 0,6 por cento, a 43,01 dólares por barril.

Na semana, os dois contratos recuaram 3,9 por cento, e o petróleo está atualmente próximo de mínimas de 10 meses, assolado por preocupações constantes sobre a crescente produção.

O dólar caiu 0,3 por cento contra uma série de moedas, encaminhado para seu maior declínio percentual diário desde o início de junho após dados econômicos dos EUA mais fracos que o esperado. Isso impulsionou o petróleo negociado na moeda.