Preços do petróleo se estabilizam com cortes na Arábia Saudita

Estatal saudita Aramco reduzirá as alocações a seus clientes em todo o mundo em setembro em pelo menos 520 mil barris por dia (bpd)

Londres – Os preços do petróleo se estabilizavam nesta terça-feira, depois que as notícias de menor oferta da Arábia Saudita compensaram a maior produção de outros grandes produtores, incluindo os Estados Unidos.

O petróleo Brent recuava 0,1 dólar, ou 0,19 por cento, a 52,27 dólares por barril, às 8:38 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 0,02 dólar, ou 0,04 por cento, a 49,41 dólares por barril

A estatal saudita Aramco reduzirá as alocações a seus clientes em todo o mundo em setembro em pelo menos 520 mil barris por dia (bpd), disseram fontes à Reuters nesta terça-feira.

Mas a produção de petróleo continua alta em muitas partes do mundo e os preços ainda estão em torno da metade do nível observado entre 2011 e 2014.

Espera-se que os estoques de petróleo dos EUA tenham registrado seu sexto recuo semanal consecutivo na semana passada e os estoques de produtos refinados provavelmente também caíram, mostrou uma pesquisa preliminar da Reuters na segunda-feira.