Preço do minério de ferro cai mais e se aproxima de US$100/t

Algumas siderúrgicas da China estão descumprindo contratos ou adiando embarques de até 4 milhões de toneladas de minério de ferro

Cingapura- O preço do minério de ferro no mercado à vista atingiu o seu menor valor desde dezembro de 2009 e está se aproximando de 100 dólares por tonelada, com siderúrgicas chinesas evitando contratos de carregamentos por expectativas de que as cotações possam cair mais.

Algumas siderúrgicas da China estão descumprindo contratos ou adiando embarques de até 4 milhões de toneladas de minério de ferro, segundo operadores, uma evidência de como o mercado mais fraco no país asiático está afetando o setor siderúrgico.

“O quarto trimestre poderá ser muito, muito ruim também. É o pico do período de produção de minério de ferro no Brasil, e, se a China não fizer algo para estimular a demanda, o mercado de aço não vai se recuperar”, afirmou um operador do mercado físico do minério em Cingapura.

O Brasil é o segundo maior exportador de minério de ferro, após a Austrália.

O minério de ferro, matéria-prima chave para a indústria siderúrgica, já caiu cerca de 30 por cento desde o pico de 150 dólares deste ano.

O minério com 62 por cento de teor de ferro atingiu 104,70 dólares a tonelada na quarta-feira, o menor valor desde 16 de dezembro de 2009.

A commodity é o principal produto da Vale, a maior produtora de minério de ferro do mundo.

Já o contrato do vergalhão de aço negociado em Xangai atingiu mínima de 3.519 iuan (550 dólares) por tonelada, o mais baixo valor desde que a bolsa lançou o contrato futuro, em 2009.

Os contratos futuros do aço em Xangai caíram pela nona sessão, após dados da indústria da China mostrarem que a economia pode não se recuperar sem estímulos.