Preço do barril sobe por temores sobre sanções contra Rússia

Brent subiu US$ 0,47, fechando a US$ 106,92 por barril, depois de ter registrado mais cedo uma alta de US$ 1,32

Nova York – Os contratos futuros do petróleo subiram nesta sexta-feira por novas sanções norte-americanas e europeias contra a Rússia renovando os temores de uma perturbação na oferta do segundo maior produtor mundial.

A União Europeia impôs sanções contra o vice-premiê russo, dois assessores do presidente Vladimir Putin e outras nove pessoas na sexta-feira.

O Brent subiu 0,47 dólar, fechando a 106,92 dólares por barril, depois de ter registrado mais cedo uma alta de 1,32 dólar.

O petróleo nos EUA para entrega em maio, que se tornou o primeiro vencimento na sexta-feira, subiu 0,56 dólar, a 99,46 dólares por barril.