Portugal Telecom corta dividendos pela metade

Operadora declarou que seu conselho de administração resolveu adotar uma estratégia financeira mais ‘'prudente’'

São Paulo – A Portugal Telecom (PT) anunciou que cortará pela metade a provisão para pagamento de dividendos até 2014. A medida deve gerar economias de 290 milhões de euros por ano à companhia, que pagará anualmente 0,325 euros por ação neste período, enquanto a política anterior previa um pagamento de 0,65 euros por ação ao ano.

Em comunicado aos acionistas, a operadora declarou que seu conselho de administração resolveu adotar uma estratégia financeira mais ‘prudente’ tendo em vista o agravamento do cenário macroeconômico na Europa. Com isto, a empresa espera reforçar a flexibilidade financeira do grupo, através de uma maior redução da dívida e refinanciamentos.

Nesta estratégia também está contemplada a recompra de ações próprias num montante de 200 milhões de euros em um período de três anos. A quantia é equivalente a um prêmio de 0,225 euros por cada ação em circulação.

Diante da nova política de dividendos da operadora, as ações da PT negociadas na bolsa portuguesa fecharam o dia com ganhos 3,07%, valendo 3,42 euros. Com este preço por ativo, a companhia se mantém com valor de mercado de 3,06 bilhões de euros.