Petróleo sobe, enquanto investidores ponderam oferta e Fed

Às 8h05, o Brent para novembro subia 0,25%, a US$ 48,29 por barril, na plataforma eletrônica ICE

Londres – Os futuros de petróleo operam em alta, enquanto os investidores ponderam comentários da presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Janet Yellen, e os dados mais recentes sobre oferta da commodity.

A queda constatada nos estoques de petróleo bruto dos EUA nas pesquisas mais recentes do Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) e do American Petroleum Institute (API) ajudou a dar sustentação aos preços na última sessão.

Mais tarde, a atenção dos participantes do mercado vai se voltar para o levantamento da Baker Hughes sobre plataformas em operação nos EUA.

Os ganhos do petróleo, porém, são limitados pela situação de oferta global excessiva e comentários feitos ontem pelo Irã, de que pretende ampliar suas exportações em 500 mil barris de petróleo por dia até o fim de novembro ou começo de dezembro.

Yellen, por sua vez, defendeu ontem em discurso que o Fed comece a elevar seus juros básicos antes do fim do ano, dando mais clareza aos investidores, após a volatilidade financeira gerada por incertezas sobre o início do aperto monetário nos EUA.

Às 8h05 (de Brasília), o Brent para novembro subia 0,25%, a US$ 48,29 por barril, na plataforma eletrônica ICE, em Londres, enquanto o petróleo para o mesmo mês negociado na Nymex tinha alta de 0,80%, a US$ 45,27 por barril. Fonte: Dow Jones Newswires.