Petróleo opera sob baixo volume de negócios

O petróleo negociado na Nymex continua sendo sustentado pelo clima frio nos EUA

Londres – Os contratos de petróleo operam sem direção única diante do volume de negócios reduzido pelo feriado do Dia dos Presidentes nos Estados Unidos. O petróleo negociado na Nymex continua sendo sustentado pelo clima frio nos EUA, que vem impulsionando a demanda por derivados.

Na semana passada o contrato para março superou o patamar de US$ 100 por barril pela primeira vez neste ano e desde então se manteve a maior parte do tempo acima desse valor.

O brent, negociado na ICE, também tem sido beneficiado pelo clima frio nos EUA, já que as importações norte-americanas da commodity vêm subindo levemente para atender à demanda local. Há uma semana o brent opera na parte de cima da sua faixa recente de oscilação, de US$ 100 a US$ 110 por barril.

A recuperação dos preços em seguida a uma forte queda vista no início do ano atraiu capital especulativo para o mercado de petróleo.

Os últimos dados da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities (CFTC, na sigla em inglês) mostram que o número líquido de apostas feitas por gerentes de fundos em um aumento nos preços do petróleo da Nymex está apenas pouco abaixo da máxima recorde.

Analistas do Commerzbank comentaram em nota a clientes que assim que o frio diminuir nos EUA poderá haver uma forte correção nos preços do petróleo.

Às 10h36 (pelo horário de Brasília), o brent para abril caía 0,01% na ICE, para US$ 109,07 por barril, enquanto o contrato para março negociado na Nymex subia 0,51%, para US$ 100,81 por barril. Fonte: Dow Jones Newswires.