Petróleo fecha perto da estabilidade com dado de estoque

O petróleo para outubro negociado na Nymex subiu US$ 0,02 (0,02%), enquanto o Brent para outubro caiu US$ 0,22 (0,2%) na ICE

Nova York – Os contratos futuros de petróleo fecharam em torno da estabilidade nesta quarta-feira, 27, depois de o relatório semanal de estoques do Departamento de Energia (DoE) dos EUA mostrar que houve uma queda maior do que a esperada na oferta na semana passada, mas também o quarto aumento semanal dos estoques em Cushing.

Segundo o DoE, os estoques de petróleo bruto caíram 2,1 milhões de barris, para 360,5 milhões de barris. Analistas previam queda de 900 mil barris.

O nível dos estoques é o mais baixo desde 31 de janeiro. No entanto, os estoques em Cushing, ponto de entrega física dos contratos negociados na New York Mercantile Exchange (Nymex), aumentaram 500 mil barris, para 20,7 milhões de barris.

Além disso, os estoques de gasolina diminuíram 960 mil barris, menos do que a redução de 1 milhão de barris prevista, e os estoques de destilados cresceram 1,25 milhão de barris, contrariando a expectativa de queda de 600 mil barris.

O petróleo para outubro negociado na Nymex subiu US$ 0,02 (0,02%), para US$ 93,88 por barril, enquanto o Brent para outubro caiu US$ 0,22 (0,2%) na ICE, para US$ 102,72 por barril.

Ontem o American Petroleum Institute (API) publicou seus próprios dados sobre a semana passada e afirmou que os estoques de petróleo bruto caíram 1,3 milhão de barris, mais do que o previsto, o que deu suporte aos preços até a divulgação do relatório do DoE hoje.

Fonte: Dow Jones Newswires.