Petróleo fecha em alta, impulsionado pela queda do dólar

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o petróleo para julho fechou em alta de US$ 0,53 (0,88%), a US$ 60,45 por barril

São Francisco – Os preços do petróleo encerraram o pregão desta quinta-feira, 18, em alta, impulsionados pela desvalorização do dólar em relação às principais moedas.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o petróleo para julho fechou em alta de US$ 0,53 (0,88%), a US$ 60,45 por barril.

O Brent para agosto subiu US$ 0,39 (0,61%), fechando em US$ 64,26 por barril, na IntercontinentalExchange (ICE).

Ontem, o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) sinalizou que terá uma tendência gradualista quando der início à alta dos juros, o que provocou a queda do dólar em relação a diversas divisas.

Quando a moeda norte-americana cai, o petróleo se torna mais barato para investidores estrangeiros.

Ainda assim, o petróleo tem mostrado incapacidade de se manter em alta firme, apesar da baixa recente do dólar e da queda nos estoques da commodity bruta nos Estados Unidos nas últimas semanas, afirmou o estrategista-chefe de mercado da CMC Markets, Colin Cieszynski.

“A incapacidade para capitalizar boas notícias sugere que os preços do petróleo podem estar se acomodando nos níveis atuais”, afirmou.