Petrobras e bancos ficam mais valiosos com desempenho de Bolsonaro

Comprado na vitória de Bolsonaro, o Ibovespa chegou a subir 6% na Bolsa

São Paulo – A Petrobras e os bancos foram as companhias que mais ganharam em valor de mercado na última segunda-feira. O Ibovespa fechou em alta de 4%, mas na máxima o índice chegou a subir até 6%. O índice foi impactado pelo desempenho de Jair Bolsonaro (PSL) nas eleições presidenciais no primeiro turno.

Na sexta-feira, antes das eleições, o valor de mercado da Petrobras era de 332,64 bilhões de reais. Na segunda-feira, o valor era de 366,26 bilhões de reais, ou seja, um ganho de mais de 33 bilhões de reais.

O Itaú Unibanco ganhou 16 bilhões de reais e encerrou segunda-feira valendo 330 bilhões de reais. O Bradesco ganhou 11,87 bilhões, passando de R$ 195,86 bilhões de reais para 207,73 bilhões de reais.

Já o Banco do Brasil ganhou 9,63 bilhões de reais e o Santander, 8,76 bilhões de reais. Os dados foram divulgados pela Economatica, provedora de informações financeiras, a pedido do site EXAME.

Empresa Valor de mercado dia 05 de outubro Valor de mercado dia 8 de outubro Quanto ganhou em valor de mercado
Petrobras R$ 332,64 bilhões R$ 366,26 bilhões R$ 33,61 bilhões
Itaú Unibanco R$ 284,25 bilhões R$ 300,82 bilhões R$ 16,57 bilhões
Bradesco R$ 195,86 bilhões R$ 2017,73 bilhões R$ 11,87 bilhões
Brasil R$ 99,54 bilhões R$ 109,18 bilhões R$ 9,63 bilhões
Santander R$ 148,94 bilhões R$ 157,71 bilhões R$ 8,76 bilhões
Ambev R$ 277,44 bilhões R$ 282,95 bilhões R$ 5,50 bilhões
Eletrobras R$ 26,38 bilhões R$ 31,02 bilhões R$ 4,63 bilhões
BR Distribuidora R$ 26,27 bilhões R$ 30,66 bilhões R$ 4,39 bilhões
Cemig R$ 12,29 bilhões R$ 14,53 bilhões R$ 2,24 bilhões
BB Seguridade R$ 51,41 bilhões R$ 53,60 bilhões R$ 2,19 bilhões