Petrobras adia IPO e ações sobem forte

Entre os motivos do adiamento estão as atuais condições de mercado e o momento de transição na diretoria da BR Distribuidora

São Paulo – As ações ordinárias da Petrobras registravam ganhos de 5,48% na manhã desta quinta-feira.

O mercado repercute a notícia que a estatal decidiu adiar a oferta pública inicial (IPO) da BR Distribuidora. É o que afirma a coluna Radar, da Veja.

Entre os motivos do adiamento estão as atuais condições de mercado e o momento de transição na diretoria da BR Distribuidora, já que o presidente José de Lima Netto deixou o cargo.

Segundo o colunista Lauro Jardim, a Petrobras contratará o Citibank, BTG Pactual, Itaú BBA, BB Investimentos, Bradesco BBI e Bank of America para tocar a operação.

É esperado que seja levantado entre entre 9 bilhões de reais e 13 bilhões de reais com o negócio.

No mês, as ações ordinárias da Petrobras acumulam perdas de mais de 17%.