Ministro vê culpa em pedido de Flávio Bolsonaro e tudo para ler hoje

Leia as principais notícias desta sexta-feira (18) para começar o dia bem informado

São Paulo – Leia as principais notícias desta sexta-feira (18) para começar o dia bem informado:

As quentes do dia

Previdência e privatizações: o foco do governo em Davos
Equipe econômica de Paulo Guedes anunciou intenção de privatizar ou liquidar 100 estatais. A meta é considerada otimista.

Questão de dias? A bolsa rumo aos 100.000 pontos
Alta de 4,7% em 2019 reflete otimismo com início de governo Bolsonaro. O risco está numa piora das perspectivas econômicas globais.

Fim da tabela de frete acende sinal entre caminhoneiros
O acordo que ajudou estancar a última greve do setor expira neste domingo e abre caminho para novas reivindicações.

Ministro do STF afirma que pedido de Flávio Bolsonaro sobre motorista foi uma confissão de culpa
Reportagem da Folha de S. Paulo repercute o caso no qual o senador eleito recorreu à corte para suspender investigação contra Fabrício Queiroz.

Funcionária que disparou WhatsApp para Bolsonaro ganha cargo no Planalto
Segundo a Folha de S.Paulo, Taíse de Almeida Feijó será assessora do gabinete do secretário-geral da Presidência, Gustavo Bebianno.

Ghosn recebeu US$ 8,9 milhões em pagamentos “impróprios”, diz Nissan
A Nissan afirmou crer que os pagamentos a Ghosn foram “resultado de má conduta” e que vai tentar reaver o dinheiro.

EUA desiste de Davos e abre caminho para a China
Envolvido no maior shutdown (paralisação de governo) da história dos Estados Unidos, Donald Trump cancelou a viagem da delegação americana à suíça.

Paralisação nos EUA: Trump cancela viagem de líder democrata
Em mensagem irônica, o presidente recomendou que Nancy Pelosi permanecesse em Washington para buscar solução para a disputa.

 

Política e mundo

MP pediu ao Coaf informações sigilosas sobre Flávio Bolsonaro, diz defesa. Pedido dos promotores foi um dos argumentos colocados por advogados ao solicitarem suspensão da investigação sobre Queiroz no STF.

Em vídeo de 2017, Bolsonaro critica foro privilegiado ao lado de Flávio
Então deputado federal, Bolsonaro desaprova intenção de colegas a se reelegerem para manter foro.

Governo recua e anula nomeação controversa para dirigir o Enem
Indicação para o cargo gerou polêmicas. Ligado a Olavo de Carvalho, o economista Murilo Resende não tem experiência com educação básica.

Deputados Picciani e Paulo Melo são alvo de nova ação judicial do MPRJ. Parlamentares são acusados de receber propina da Odebrecht em troca de apoio político aos interesses econômicos da empreiteira.

Ministério da Economia: Brasil quer diversificar vendas para China. Ministro Paulo Guedes afirma que parcerias serão fechadas principalmente na área de tecnologia.

Indígenas pedem auxílio do MPF contra medida que tira demarcações da Funai
Grupo alega que medida infringiu o conceito primordial na alteração de políticas públicas.

Enquanto você desligou…

Indicador de investimentos do Ipea sobe 1,7% por mudança no Repetro. Sem forte crescimento das importações de máquinas e equipamentos, desempenho teria recuado 2,3%.

Eletrobras confirma abertura de Plano de Demissão Consensual. Companhia informa que a meta é o desligamento de 2.187 funcionários, o que geraria uma economia de R$ 574 milhões ao ano.

Netflix tem lucro acima do esperado, mas número de assinantes desaponta. Empresa de streaming obteve lucro líquido de US$ 143 milhões e 8,84 milhões de assinantes, número abaixo da estimativa de 9,2 milhões.

Amazon quer lançar a “Netflix dos games”, diz site. Serviço dispensaria consoles, mídia física e download de jogos, além de colocar empresa em competição que deve incluir em breve Google, Microsoft e Nvidia.

American Express registra lucro de US$ 2,01 bilhões no 4º trimestre. Resultado superou expectativas e reverteu prejuízo de US$ 1,206 bilhão registrado nos últimos três meses de 2017.

Universidade de Oxford suspende doações e patrocínios da Huawei. O FBI advertiu em 2018 que o governo da China poderia estar espionando cidadãos dos EUA que usam smartphones fabricados pela gigante de tecnologia.

Banco Morgan Stanley decepciona Wall Street. As ações do banco caíram 5% assim que os resultados foram publicados, e a Bolsa de Nova York passou a operar em baixa.

 

Agenda

Nesta sexta-feira (18), serão divulgados nos EUA o relatório mensal da IEA; os números da produção industrial de dezembro; os índices de confiança e percepção do consumidor em Michigan para o mês de janeiro, e os discursos de Williams e Harker, membros do FOMC. Também ocorre a reunião da Opep.