Bolsas pelo mundo sobem com resultados e commodities

SÃO PAULO – Sem indicadores macroeconômicos relevantes no mundo nesta sexta-feira, as bolsas de valores se voltavam para o cenário corporativo, que forneceu notícias positivas, e as commodities.

No Brasil, o destaque era o swap reservo anunciado pelo Banco Central, que vendeu todos os 20 mil contratos de swap cambial reverso em, com volume equivalente a 989 milhões de dólares [ID:nN21270368], na segunda operação do tipo neste ano. O dólar operava estável.

Em Wall Street, os índices subiam após a divulgação de resultados acima do esperado por General Eletric e Google .

Na Europa, a alta de mais de 1 por cento do índice de bolsas da região era puxada pela notícia dada por uma fonte de que a Espanha pretende estatizar bancos fracos [ID:nN21191114], o que elevava os papéis do setor, como os do Santander e do BBVA .

A Bovespa era animada por ações ligadas a commodities, que tinham leve alta no mercado externo.

As projeções de juros operavam perto da estabilidade. Sem indicadores na sessão, o mercado aguarda importantes divulgações importantes na semana que vem [nN21198347]. A principal é a ata do Copom, mas também há IPCA-15 e desemprego.

Na agenda do dia, na Europa, a confiança do investidor alemão atingiu o maior nível em 20 anos em janeiro, com o índice do instituto econômico Ifo subindo de 109,8 em dezembro para 110,3.

Veja a seguir o desempenho dos principais índices do mercado financeiro às 13h17 desta sexta-feira.

CÂMBIO

O dólar era cotado a 1,672 real, em estável frente ao fechamento anterior.

BOVESPA <.BVSP>

O Ibovespa estava em +0,41 por cento, a 69.844,42 pontos.

ADRs BRASILEIROS <.BR20>

O índice dos principais ADRs brasileiros estava em +0,65 por cento, a 36.516,89 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

O DI janeiro de 2012 apontava 12,35 por cento ao ano, ante 12,37 por cento no ajuste anterior.

EURO

A moeda comum europeia era cotada a 1,3554, ante 1,3472 no fechamento anterior.

GLOBAL 40

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, mostrava alta para 135,750 por cento do valor de face, oferecendo rendimento de 2,626 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS <11EMJ>

O risco Brasil cedia 7 pontos, para 165 pontos-básicos. O EMBI+ recuava 4 pontos, a 235 pontos-básicos.

MSCI DE BOLSAS GLOBAIS <.MIWD00000PUS>

O índice que reúne as bolsas globais mostrava +0,75 por cento, a 336,16 pontos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones <.DJI> operava a +0,54 por cento, aos 11.886,33 pontos. O S&P 500 <.SPX> estava em +0,65 por cento, aos 1.288,57 pontos. O Nasdaq <.IXIC> era negociado a +0,50 por cento; aos 2.717,82 pontos.

PETRÓLEO

Na Nymex, o contrato de petróleo de vencimento mais próximo subiu -0,21 dólar, a 89,38 dólares por barril.

TREASURIES DE 10 ANOS

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia, oferecendo rendimento de 3,453 por cento ante 3,455 por cento no fechamento anterior.