Ouro sobe, influenciado por tensões geopolíticas

Os investidores voltaram a buscar abrigo no ouro diante das incertezas geradas pelas tensões geopolíticas

São Paulo – Os investidores voltaram a buscar abrigo no ouro diante das incertezas geradas pelas tensões geopolíticas.

Na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para dezembro subiu US$ 0,10 (0,01%), para US$ 1.310,60 por onça-troy, com a crise na Ucrânia e os conflitos no Iraque ainda preocupando os investidores.

O Parlamento ucraniano aprovou uma lei que permite ao país impor sanções a indivíduos e empresas estrangeiras, abrindo caminho para aplicar punições à Rússia.

No Iraque, continua o impasse em torno da nomeação de um novo primeiro-ministro para o país.

O atual premiê, Nouri al-Maliki, se recusa a deixar o cargo após a indicação de um substituto pelo presidente iraquiano, Fuad Massum.

A controvérsia política ocorre em meio aos recentes bombardeios dos EUA, que teriam contido o avanço de rebeldes islâmicos nas regiões norte e oeste do Iraque.

Com informações da Dow Jones Newswires.