Ouro fecha no menor valor em dois meses

Com menor aversão a risco, contrato mais negociado na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), para entrega em dezembro, caiu US$ 19,80

São Paulo – A possibilidade de o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) antecipar seu ciclo de aperto monetário levou o ouro ao menor valor em dois meses.

Com a menor aversão a risco, o contrato mais negociado na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), para entrega em dezembro, caiu US$ 19,80 (1,53%), para US$ 1.275,40 a onça-troy, o menor preço desde 18 de junho.

Pela manhã, o Departamento de Trabalho dos EUA informou que o número de trabalhadores norte-americanos que entraram pela primeira vez com pedido de auxílio-desemprego caiu 14 mil na semana encerrada em 16 de agosto, para 298 mil.

O resultado ficou abaixo da previsão dos analistas, de 302 mil novos pedidos, e voltou a patamares de oito anos atrás, o que indica melhora do mercado de trabalho.

Os números de vendas de moradias usadas, assim como o índice de atividade do Meio Atlântico e o índice de indicadores antecedentes, também surpreenderam positivamente.

Os indicadores reforçaram a sinalização dada pela ata do Fed, divulgada ontem, na qual a autoridade monetária reconhece a possibilidade de aumento dos juros antes do previsto caso a economia americana reaja rapidamente.

Agora, os investidores aguardam o pronunciamento de amanhã da presidente do Fed, Janet Yellen, no simpósio anual de política monetária em Jackson Hole.

Com informações da Dow Jones Newswires.