Ouro em NY sobe à espera de medidas do BCE

"Há muitas opiniões conflitantes e incerteza neste momento, e isso se reflete na volatilidade dos preços", disse Thomas Capalbo, da corretora Newedge

Nova York – Os preços do ouro subiram, com os investidores na expectativa de novas medidas de estímulo à economia da zona do euro na reunião de política monetária do Banco Central Europeu (BCE), nesta quinta-feira, 04.

O mercado também reagiu ao informe da ADP (Automatic Data Processing) de que foram criados 208 mil postos de trabalho no setor privado nos EUA em novembro; economistas previam 223 mil.

No mês passado, o presidente do BCE, Mario Draghi, deu a entender que a instituição está pronta a adotar novas medidas de estímulo, o que contribuiria para enfraquecer o euro diante do dólar e pressionaria os preços do ouro para baixo.

A maioria dos analistas, porém, espera as novas medidas do BCE somente para o começo de 2015.

Na última semana houve muita volatilidade nos preços do ouro, com a queda dos preços do petróleo e a alta do dólar, de um lado, e o rebaixamento do rating de crédito do Japão pela Moody’s e indicadores econômicos fracos na Europa, do outro lado.

“Há muitas opiniões conflitantes e incerteza neste momento, e isso se reflete na volatilidade dos preços”, disse Thomas Capalbo, da corretora Newedge.

Além da reunião do BCE, o mercado está na expectativa da divulgação dos dados oficiais do nível de emprego nos EUA em novembro, nesta sexta-feira.

Um “payroll” fraco pode levar o Federal Reserve a adiar a elevação das taxas de juro, o que beneficiaria o ouro. “Há muito ‘esperar para ver’ nesta semana”, disse Bob Haberkorn, da RJO Futures.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), os contratos do ouro para fevereiro fecharam a US$ 1.208,70 por onça-troy, em alta de US$ 9,30 (0,78%).

Fonte: Dow Jones Newswires.