Ouro cai após inflação nos EUA vir dentro do esperado

O ouro para dezembro negociado na Comex caiu US$ 6,20 (0,5%), para US$ 1.251,70 por onça-troy

Nova York – Os preços do ouro recuaram na sessão desta quarta-feira, 22, depois que os dados de inflação divulgados pelo governo dos EUA mostraram evolução dentro do esperado.

O metal é visto como uma opção segura de investimento em momentos de incerteza.

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) dos EUA subiu 0,1% em setembro ante agosto, em termos sazonalmente ajustados, segundo o Departamento do Trabalho, em linha com as previsões de economistas.

O relatório divulgado hoje indicou que os preços aumentaram levemente no último mês devido a custos mais altos de alimentação e moradia, mas pressões inflacionárias continuam contidas devido à redução em despesas de energia.

O ganho do dólar nesta quarta-feira também pesou no ouro. Um dólar mais forte reduz a atratividade das commodities cotadas na moeda, por torná-las mais caras aos detentores de outras divisas.

O ouro para dezembro negociado na Comex caiu US$ 6,20 (0,5%), para US$ 1.251,70 por onça-troy.

O metal recuou após subir na terça-feira para níveis vistos no começo de setembro. Alguns analistas sugerem que ele voltará a avançar.

Economistas afirmaram que o metal tem se beneficiado da combinação de preocupações com a economia global e demanda estrangeira.

“O ouro se deparou com a resistência perto de US$ 1.255,00 e voltou para uma correção normal de negociação”, disse Colin Cieszynski, estrategista-chefe de mercado da CMC Market.

Fonte: Dow Jones Newswires.