Otimismo por ajuda faz Bolsa de Atenas subir 7%

Depois de consecutivas quedas, pregão na Grécia opera em alta com possibilidade de liberação do plano de ajuda ao país

Atenas – A Bolsa de Atenas subiu hoje a meio pregão quase 7% devido à esperança de que o plano de resgate trianual para a economia da Grécia seja colocado em prática em breve.

Às 13h37 local (7h37, Brasília) o índice seletivo grego apontava uma alta de 6,84%, até os 1.824 pontos, enquanto o risco da dívida soberana caia por volta das 7h (Brasília) aos 649,6 pontos básicos, após superar ontem os 800.

Após vários dias de quedas, o pregão ateniense recebeu hoje com otimismo o acordo que deve ser formado em breve para desbloquear as ajudas internacionais, após o encontro em Berlim dos responsáveis do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Central Europeu (BCE) com a chanceler alemã, Angela Merkel.

Por sua vez, o Executivo socialista grego trabalha contra o relógio para preparar o programa de ajuste trianual que apresentará aos membros da Zona do Euro neste fim de semana, uma condição para conseguir a ajuda europeia e do FMI estipulada em março.

O porta-voz do Governo, Yorgos Petalotís, reiterou hoje aos que não há risco de quebra e especificou que “não passaremos da segunda-feira para anunciar o acordo sobre o programa econômico”.

Esse programa está sendo negociado com uma delegação do FMI, a União Europeia (UE) e o BCE e compreende maiores medidas de ajuste no setor público, como a redução de salários e o aumento de impostos.

O programa encontra uma forte oposição dos sindicatos, que já convocaram uma greve geral para próxima quarta-feira.