Oferta da CPFL Renováveis pode chegar a R$ 1,4 bi

O início da negociação das ações na BM&FBovespa está previsto para 19 de julho sob o código "CPRE3"

São Paulo – A CPFL Energias Renováveis publica aviso ao mercado sobre a oferta pública primária de 27.977.618 de ações e de secundária de 43.964.828 ações a ser realizada no Brasil, em mercado de balcão não-organizado, com esforços de colocação no exterior. A oferta poderá se aumentada em 15% (lote suplementar) e outros 20% (lote adicional), totalizando 97.122.302 de papéis.

A faixa de preço sugerida vai de R$ 12,51 a R$ 15,01. Considerando o teto da faixa o valor da oferta poderá alcançar R$ 1,457 bilhão, e no piso, a oferta poderá chegar a R$ 1,214 bilhão.

As ações a serem vendidas na oferta secundária são dos acionistas Pátria Energia – Fundo de Investimento em Participações; Secor – LLC; Fundo de Investimento em Participações Multisetorial Plus; DEG Deutsche Investitions und Entwicklungsgesellschaft; Pátria Energia Renovável – Fundo de Investimento em Participações em Infraestrutura; GMR Energia e de Roberto Sahade.

No aviso ao mercado, a empresa informa ainda que firmou com a Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ), em 25 de junho, uma carta compromisso, por meio da qual, o fundo deverá apresentar, no âmbito do procedimento de bookbuilding, uma ordem de compra de ações da companhia, pelo preço de R$ 12,51 por ação, somando o montante de R$ 399.999.994,20.

Este preço por ação é equivalente ao valor do preço por ação a ser pago pelo BTG Pactual em caso de exercício da garantia firme de colocação, correspondendo ao valor mínimo da faixa de preço indicativa para o procedimento de bookbuilding, que se inicia nesta quinta-feira, 27.


O anúncio detalha ainda que os coordenadores da oferta realizarão a colocação das ações em regime de garantia firme de colocação, a ser prestada exclusivamente pelo BTG Pactual, de até 39.968.026 de ações, correspondentes a até aproximadamente 55,6% do total de ações (sem considerar as ações suplementares e adicionais).

A garantia firme de colocação será válida até a conclusão do procedimento de bookbuilding.

A oferta de varejo será realizada junto a pessoas físicas que sejam empregados e administradores da empresa ou das controladas da CPFL, ou investidores pessoas físicas e jurídicas e clubes de investimento, no valor mínimo de pedido de investimento de R$ 3 mil e máximo de R$ 300 mil. O período de reserva do varejo vai de 4 a 16 de julho.

O período de reserva para pessoas vinculadas é de apenas um dia: 4 de julho. O encerramento das apresentações de roadshow, do processo de bookbuilding, a fixação do preço por ação ocorrem em 17 de julho. Já o início da negociação das ações na BM&FBovespa está previsto para 19 de julho sob o código “CPRE3”.

*Matéria corrigida às 11h07