Oferta da Abril Educação pode chegar a R$725,5 milhões

Período de reserva da oferta subsequente primária e secundária da companhia terá início em 17 de abril

São Paulo – O período de reserva da oferta subsequente primária e secundária de units da Abril Educação terá início em 17 de abril, com encerramento no dia seguinte, de acordo com informações do prospecto preliminar divulgado nesta terça-feira.

A fixação do preço por unit deve ocorrer em 23 de abril, com o início das negociações na Bovespa no dia 25 do mesmo mês.

Inicialmente, serão colocados 2.745.995 novos certificados de depósito de ações na oferta primária e outras 8.567.504 units na secundária.

A operação poderá ser acrescida de units em lotes suplementar e adicional, de 15 e 20 por cento sobre o volume inicial, respectivamente, se houver demanda.

Com base no preço de fechamento da unit da Abril Educação na bolsa paulista na segunda-feira, de 47,50 reais, o giro financeiro da oferta primária e secundária poderia chegar a 725,5 milhões de reais, considerando os lotes inicial, suplementar e adicional.

A empresa fez em março pedido para realizar uma oferta primária e secundária de units, com parte dos recursos a serem levantados com a venda novos papéis voltada para aquisições. Em fevereiro, a Abril Educação afirmou que planeja realizar mais duas a quatro aquisições neste ano.

Às 13h13, as units da companhia recuavam 1,73 por cento, a 46,68 reais. Os papéis da Abril Educação não integram o Ibovespa, que tinha alta de 0,94 por cento.