Novo manda-chuva da Caixa e tudo para ler antes de a Bolsa abrir

Nova norma do banco estatal retira do presidente da República o poder de exonerar e nomear novos vice-presidentes

São Paulo – Leia as principais notícias desta quarta-feira (17) para começar o dia bem informado:

As quentes do dia

Temer não poderá mais exonerar e indicar vices para a Caixa. Segundo nova norma do banco, decisão sobre reconduzir ou não os vice-presidentes será tomada pelo Conselho da instituição.

PT nomeia dois deputados como advogados no julgamento de Lula. Wadih Damous e Paulo Teixeira poderão comparecer e falar durante sessão do TRF4.

Se Previdência não for votada em fevereiro, não será mais, diz Maia. Segundo o deputado, entre as matérias prontas para ser votadas no plenário da Câmara estão a desoneração da folha, os supersalários e o foro privilegiado.

BC cobra corte de juros do cheque especial de bancos. Bancos assumiram o compromisso de a dotar novas regras para a modalidade de crédito com objetivo de reduzir os juros aos clientes.

Promotoria autoriza Odebrecht a pagar “multa” com obras. Acordo firmado permite que serviços sejam usados para quitar os R$ 21 mi que a empreiteira se comprometeu a devolver à cidade de São Paulo.

Cade coloca ressalvas à fusão da ArcelorMittal com a Votorantim. Proposta não foi considerada suficiente para obter a aprovação do órgão.

Política e mundo

Lula pede que um “inocente” não seja condenado por “política”. Em discurso no Rio, ex-presidente reiterou que as acusações contra ele são “falsas”.

TRF-5 mantém suspensa privatização da Eletrobras. A AGU pedia pela suspensão da decisão liminar do juiz Claudio Kitner, da 6° Vara Federal de Pernambuco, que suspendeu os efeitos da MP do governo.

Deputados tucanos pedem a Doria que se candidate ao governo de SP. Em reunião, deputados disseram que a sigla deve ter candidato próprio e que Doria é o nome forte do qual precisam.

Defesa de Lula insiste que OAS é dona do triplexAdvogados do petista apresentaram à Corte federal documentos referentes à penhora do imóvel para “satisfação da dívida da OAS”.

STF começa pente-fino sobre foro privilegiado. Gabinetes deram início a uma operação para identificar quais processos devem permanecer na Corte ou serão enviados à primeira instância.

Afastamento de vice-presidentes da Caixa atende BC, diz Meirelles. O movimento do presidente Michel Temer pelo afastamento por 15 dias foi publicado após reunião nesta manhã do presidente do BC e com o presidente da Caixa.

Roberto Jefferson mantém indicação de filha para ministério. O presidente do PTB minimizou a possibilidade de o partido indicar um novo nome para a vaga, diante do impasse judicial.

Temer reformula estrutura do Ministério da Fazenda por decreto. O presidente Michel Temer cindiu a Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae) em duas novas repartições.

Cade pode encerrar alguns processos da Lava Jato com acordos. O Cade apura mais de 14 diferentes cartéis da Lava Jato e assinou em cada um deles acordos de leniência. Uma modalidade diferente de acordo permite pagar multas mais baixas.

Com acordo, Puigdemont pode voltar a presidir a Catalunha. As duas principais forças independentistas informaram que chegaram a um acordo para apoiar a candidatura de Puigdemont.

Enquanto você desligou…

Relatório sugere investigar presidente da Caixa por propina. O relatório independente foi concluído em 20 de novembro passado e pretendia aprofundar internamente investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal.

Petrobras só negociará como nos EUA se for obrigada, diz CEO. A estatal anunciou em 3 de janeiro que um acordo para pagar 2,95 bilhões de dólares em troca do encerramento de uma ação coletiva nos EUA.

Carrefour Brasil tem alta de 5,3% nas vendas no 4º trimestre. Pelo conceito mesmas lojas, a venda total do grupo no período, em que a empresa abriu 29 novas lojas, subiu 1,4%.

Dona do Pão de Açúcar tem queda de 0,3% nas vendas no 4º tri. Vendas do último trimestre diminuíram tanto na França quanto nas operações da América Latina.

Nestlé vende unidade de doces nos EUA à Ferrero. Transação deve ser concluída no fim deste primeiro trimestre, após as aprovações de órgãos regulatórios

Oi procura concorrentes para acordos de infraestrutura. Companhia mira eficiência em seu modelo de negócio.

GE fala em desmembramento e projeta perda de US$11 bi no 4º trimestre. O presidente já havia levantado a ideia de um desmembramento, conforme corta empregos e se movimenta para reduzir US$ 3,5 bi em custos.

Agenda do dia

Nesta quarta-feira, sai o IPC anual da Zona do Euro. Nos Estados Unidos, sai o Livro Bege do Fed e a produção industrial da dezembro.

Veja também