Nova York fecha em alta com Yellen no Congresso

Bolsas fecharam com Dow Jones registrando seu maior ganho em pontos em quase dois meses

Nova York – As Bolsas dos EUA fecharam em alta nesta terça-feira, 11, com o índice Dow Jones registrando seu maior ganho em pontos em quase dois meses. Durante a sessão, o Dow ultrapassou brevemente os 16 mil pontos, pela primeira vez desde 24 de janeiro. O mercado reagiu positivamente ao primeiro depoimento da nova presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, no Congresso dos EUA.

Durante audiência do Comitê de Serviços Financeiros da Câmara, Yellen reafirmou que não haverá mudanças significativas na política monetária: o Fed continuará a reduzir seu programa de compras mensais de bônus, desde que as condições da economia não piorem, e as taxas de juro de curto prazo deverão permanecer extraordinariamente baixas por bastante tempo.

O índice Dow Jones fechou em alta de 192,98 pontos (1,22%), em 15.994,77 pontos. O Nasdaq fechou em alta de 42,88 pontos (1,03%), em 4.191,05 pontos. O S&P-500 fechou em alta de 19,91 pontos (1,11%), em 1.819,75 pontos.

Traders disseram que o movimento do mercado foi mais um reflexo de reposicionamento entre investidores, depois das fortes quedas recentes, do que um sentimento de que Yellen apresentou qualquer novidade em seu depoimento. Segundo Tom Carter, da JonesTrading, os volumes foram relativamente reduzidos para um dia de depoimento do Fed. Para ele, os ganhos resultaram em grande parte do interesse de investidores por ações de grande capitalização.

Jeff Yu, chefe de operações com derivativos de ações do UBS, disse que houve um movimento de cobertura de posições no fundo iShares MSCI Emerging Markets, de ações de países emergentes, por grandes clientes.

Entre os destaques da sessão estavam ações de empresas que divulgaram resultados, como Sprint (+2,73%), CVS Caremark (+2,73%) e ConAgra Foods (-6,34%). Fonte: Dow Jones Newswires.