Nikkei sobe e atinge nível mais alto em quase 6 meses

As ações subiram forte impulsionadas pela desvalorização do iene e por ganhos no mercado futuro

São Paulo – As ações na Bolsa de Tóquio subiram forte impulsionadas pela desvalorização do iene e por ganhos no mercado futuro. O índice Nikkei fechou com ganhos de 1,9% e atingiu a pontuação mais alta desde 22 de maio, aos 15.365,60 pontos.

Operadores de mercado disseram que o volume dos contratos futuros do índice Nikkei para dezembro saltou para os níveis mais altos desde a última sexta-feira à medida que os players fecharam posições vendidas em dólar e construíram posições compradas. O índice futuro encerrou o pregão em alta de 2,1%, e ganhos no mercado futuro costumam impulsionar as negociações no mercado à vista.

No horário de fechamento da bolsa, o dólar era negociado a 100,47 ienes, de 99,99 ienes no fechamento de ontem. Após o fim do pregão japonês o dólar chegou a saltar para 100,86 ienes. Entre as ações mais sensíveis às variações cambiais, as da Kyocera registraram ganhos de 2,7% e as da Honda Motor subiram 3,4%.

Já entre as ações com grande peso no índice, destaque para as da Fast Retailing, com ganhos de 3,6%, as da KDDI, com alta de 6,3%, e as do SoftBank, que avançaram 3,1%. “O movimento é similar ao que vimos na semana passada, quando alguns poucos players de hedge estrangeiros desistiram de posições vendidas em dólar”, disse o analista de mercado da Tachibana Securities, Kenichi Hirano.

Também ajudou a impulsionar o mercado a sugestão de um painel do governo japonês para que o Fundo de Investimento de Pensões do Governo (GPIF, na sigla em inglês) diversifique seus investimentos. O painel sugeriu após o pregão de ontem que o GPIF, que gerencia US$ 1,2 trilhão de pensionistas, considere investir em uma nova referência no mercado acionário, como o JPX-Nikkei 400 Index.