Natura prepara nova oferta de ações, diz DebtWire

Oferta deve acontecer o “mais cedo possível”, disseram fontes; empresa não comenta

São Paulo – A Natura (NATU3) está preparando uma nova oferta secundária de ações, afirma a agência de notícias “Debtwire Latin America PLUS”. De acordo com a publicação, os controladores da empresa de cosméticos esperam realizar a operação o “mais cedo possível”, disseram duas fontes familiares ao assunto para a reportagem.

A companhia nega a informação. “Seguindo regras da nossa governança corporativa, a Natura não faz comentários sobre rumores. A empresa cumpre rigorosamente sua obrigação de divulgar informações relevantes ao mercado, nos termos da legislação em vigor”, mostra um comunicado enviado para EXAME.com por e-mail.

Apesar da negativa, os investidores se assustaram com a notícia que pode aumentar a disponibilidade de papéis no mercado e diluir o poder dos acionistas atuais. As ações chegaram a cair 6,63% na mínima do dia, para 49,65 reais. Os papéis encerram com uma desvalorização de 4,49%. No ano, contudo, a alta é de 47%.

Controle

O controle da Natura é dividido entre os seus fundadores que, juntos, possuem 60% da empresa. Antonio Seabra tem 23,09% por meio da Lisis Participações, Guilherme Leal (Utopia Participações) detém 22,03%, Pedro Passos (Passos Pasticipações) 5,44%, Anizio Pinotti (Anp Participações) 5,44% e Ronuel Mattos (Rm Futura Participações) possui 3,69%.

A última operação de venda de ações foi realizada pelos controladores em julho de 2009. Foi alienada uma fatia de 13% da companhia, a um preço de 26,50 reais.