MPX emite R$ 1 bi em debêntures conversíveis em ações

BNDES, Gávea e Eike Batista irão subscrever os papéis

São Paulo – A MPX Energia (MPXE3) anunciou hoje a emissão de 1 bilhão de reais em debêntures conversíveis em ações. Os papéis serão subscritos pelo BNDESPar (600 mi), Eike Batista (200 mi), acionista controlador, e Gávea Participações (200 mi).

A capitalização pode ainda ser acrescida em 369 milhões de reais porque os minoritários terão o mesmo direiros para aderir à operação. Com isso, a captação pode chegar a 1,369 bilhão de reais.

Serão emitidas 21,7 milhões de debêntures conversíveis em ações ordinárias com valor nominal unitário de R$ 63. A remuneração do papel será de IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), mais um percentual de 4% ao ano.

O BNDESPar e o Gávea poderão, cada um, indicar um membro para o Conselho de Administração da companhia após o encerramento da colocação privada. Os papéis poderão ser conversíveis em ações da empresa a qualquer momento até o prazo de vencimento de 3 anos, com um preço fixo de 43 reais por ação.

As ações encerraram a sessão desta quarta-feira cotadas a 41,75 reais. Uma assembleia geral extraordinária (AGE) será convocada para deliberar sobre os termos e condições da operação, informou a companhia por meio de comunicado.