Moody´s rebaixa nota da Vale e ações ampliam queda

A agência de classificação de risco rebaixou o rating da Vale de Baa3 para Ba1

São Paulo – A agência de classificação de risco Moody’s rebaixou nesta quarta-feira o rating da Vale de Baa3 para Ba1, com perspectiva negativa.

Segundo a Moody’s, o rebaixamento da nota reflete o risco de crédito elevado após o rompimento da barragem em Brumadinho (MG) e as incertezas associadas ao impacto total e implicações a longo prazo do desastre ambiental e de trabalho para o perfil de crédito da Vale, bem como o significativo excesso de exposição a litígios e responsabilidade financeira que provavelmente persistirá nos próximos anos.

“Embora a posição financeira robusta da Vale ofereça uma boa proteção contra os possíveis impactos financeiros, o acidente suscita preocupações de uma perspectiva social, ambiental e de governança corporativa, em particular considerando que ocorreu pouco mais de três anos após o colapso da barragem de rejeitos da Samarco.”

Após o rebaixamento, as ações da Vale ampliaram a queda na Bolsa. Por volta das 16h40, os papéis caíam 1,40%, sendo negociado em R$ 46.