Moody’s retira grau de investimento da Eletrobras

Eletrobras perdeu o grau de investimento após a Moody's rebaixar o rating em moeda estrangeira de "Baa3" para "Ba1"

São Paulo – A agência de classificação de risco Moody’s rebaixou o rating em moeda estrangeira da Eletrobras para “Ba1”, ante “Baa3”, retirando da estatal brasileira o grau de investimento.

A Moody’s, que colocou o rating sob revisão para possível novo rebaixamento, disse que as métricas de crédito da Eletrobras não eram condizentes com o grau de investimento, mesmo após a melhora financeira registrada no primeiro trimestre.

Durante o período de revisão do rating, a Moody’s irá avaliar a capacidade da Eletrobras de melhorar ainda mais as margens operacionais, assegurar o financiamento de longo prazo para a maioria de seus projetos de energia e melhorar a sua posição de liquidez, disse a agência em comunicado.

Casos as métricas não melhorem substancialmente nos próximos 12 a 18 meses ou se Moody’s perceber uma deterioração acentuada da posição de liquidez da empresa, o rating da estatal poderá ser rebaixado novamente, disse a agência.

O rebaixamento da nota de crédito do Brasil, que está com perspectiva negativa, também poderia levar a um rebaixamento da Eletrobras.

Texto atualizado às 19h28